Arquivo da categoria: Opinião

PODCASTS DO MEU CORAÇÃO

Vem conhecer os podcast que eu ouço!!

POR IASLAN NASCIMENTO

Olá amigos e amigas do contador, hoje vou falar um pouquinho sobre Podcasts que eu ouço no meu dia a dia e que amo cada vez mais. Vou contextualizar vocês e contar como comecei a ouvir essa mídia tão fantástica, além de indicar 3 dos Podcasts que mais gosto, então vem comigo.

O Podcast assim como a Tv, rádio e o jornal é uma mídia de transmissão de informações, porém a origem da mídia Podcast é muito recente e ainda está em seu processo de crescimento, principalmente no Brasil, onde atinge poucas pessoas. Em outras palavras o Podcast é um programa de rádio (geralmente com mais de 1 hora de duração), porém sua principal diferença é que ele é feito sob demanda. Você pode ouvir em qualquer lugar, na hora em que bem entender, e ao meu ver, o que mais me encanta nesse tipo de mídia é o fato da liberdade de conteúdo que você pode escutar. Por exemplo, em um programa normal de rádio para você ouvir aquela entrevista sobre um assunto especifico, você tem que esperar todo o programa e ouvir entrevistas que você não tem interesse, além de só poder ouvir naquele momento, já nos Podcasts não, geralmente você ouve um programa inteiro só sobre um assunto ou sobre um conjunto de assuntos relacionados o que é muito mais atrativo, além de que você pode escutar em qualquer lugar e horário.

A minha história com Podcasts começou em meados de 2016 (ainda sou uma criancinha nesse meio) eu ia para a Campus Party Recife e um dos convidados era o Jovem Nerd junto com o Azaghal( que juntos encabeçam o site/podcast/ Nerdstrore(loja de produtors nerd)/ canal no YouTube)  até então eu os conhecia bem pouco, sabia do canal no YouTube e do site, ai certo dia resolvi baixar alguns Podcasts de filmes e uns sobre cotidiano, e me diverti muito ouvindo os comentários sobre filmes, seriados e afins. Com o tempo me senti como amigo deles de tanto que eu ouvia, ele e os convidados. Desta forma, eu já estava viciado em Podcasts e não podia sair de casa sem ter pelo menos dois em meu celular.

Agora vamos conhecer 3 dos Podcasts que mais ouço:

Nerdcast

O Nerdcast é o podcast do site Jovem Nerd, sempre liderado pelo Jovem Nerd e Azaghal, geralmente o Podcast conta com mais 3 ou 4 convidados, entre eles o famoso Sr. K, Tucano (que recentemente ganhou o prêmio de melhor hambúrguer do Brasil no programa Mais Você da Ana Maria Braga), Portuguesa (esposa do Azaghal), Srª Jovem Nerd (esposa do Jovem Nerd), além de contar com participações como a dos escritores Eduardo Spohr, Affonso Solano, Raphael Draccon. Além de contar com os assuntos nerds, os Podcasts do Jovem Nerd também são relacionados a tecnologia, empreendedorismo, cultura/viagens e os mais legais na minha humilde opinião sobre situações vividas pelos integrantes, assim como fatos cotidianos. Um dos episódios que eu remendo é o Nerdcast 494 Desista da Dieta (um dos mais engraçados), nele os participantes contam como foram algumas das suas experiências tentando vencer a balança. Atualmente o Nerdcast tem 589 programas sobre assuntos diversos além de 20 NerdTech(focado em tecnologia) e 33 Empreendedor(focado em empreendedorismo) um novo programa está disponível toda sexta-feira.

Link do NerdCast Desista da Dieta:

https://jovemnerd.com.br/?podcast=nerdcast-494-desista-da-dieta

RapaduraCast

O Podcast do Portal Cinema com Rapadura, é um Podcast com o pessoal de Fortaleza/CE mais focado em cinema. Com presença fixa no programa temos sempre o Jurandir Filho e o Thiago Siqueira, mas assim como em todos os Podcasts sempre com mais 3 participantes no mínimo. Gosto bastante desse Podcast comecei a ouvir esse ano junto com a próxima indicação, mas já estou completamente apaixonado. Atualmente o RapaduraCast tem 519 programas sobre cinema e suas vertentes, indo ao ar geralmente nas sextas-feiras.

 Link do Podcast do RapaduraCast sobre IT e Stephen King:

http://cinemacomrapadura.com.br/rapaduracast-podcast/460954/rapaduracast-517-stephen-king-no-cinema-e-it-a-coisa/

Canal 42

O Podcast Canal 42 é composto por Jurandir Filho, Ricando Rente e Bruno Costa, e é um Podcast voltado apenas para séries. Comparado com os dois acima ele é o mais recente não chegando nem a marca de 100 programas, mas cheio de irreverencia como os outros.  Atualmente o Podcast tem 96 programas indo ao ar nas segundas-feiras.

 Link do Podcast do Canal 42 sobre a 7º Temporada de Game of Thrones:

http://canal42.tv/91-game-of-thrones-temporada-7/

Bem apresentei um pouquinho do mundo dos Podcasts para vocês, mostrando os meus favoritos e os únicos que tenho certa propriedade para falar, pois são os que eu realmente acompanho. Espero que tenham gostado, que apreciem os Podcasts e podem navegar por esse mundo sem medo, aposto que vão gostar. Ah e não se preocupe, não só tem Podcasts Nerds no Brasil tem vários sobre culinária, esportes e outros assuntos. Então não tem desculpa, corre lá para encontrar um bom Podcast. É isso aí pessoal até a próxima.

Anúncios

O CONTADOR VIU MILLION YEN WOMEN

POR: IASLAN NASCIMENTO

Olá amigos, hoje vamos falar de Million yen women. Mais uma das séries originais da Netflix. A história dessa série japonesa é a seguinte ” Shin (Yojiro Noda) sempre sonhou em ser um grande romancista, mas quando sua carreira não decolou como ele planejara, o jovem teve que pensar em outros planos para sobreviver. É aí que ele conhece Minami Shirakawa (Rila Fukushima), Hitomi Tsukamoto (Rena Matsui), Yuki Kobayashi (Miwako Wagatsuma), Midori Suzumura (Rena Takeda) e Nanaka Seki (Yuko Araki), cinco mulheres lindas e misteriosas dispostas a lhe pagar uma boa quantia para que ele cuide da casa. A única condição é que o garoto não pergunte nada sobre a história delas”.

A série é distribuída pela Netflix, com 12 episódios com duração média de 24 minutos. Bom vamos as considerações sobre essa obra japonesa. Essa série me pegou no primeiro episódio, uma série cheia de mistérios, com 6 personagens principais (Shin o romancista, e as cinco mulheres misteriosas) com um bom desenvolvimento, e boas histórias é impossível você não ficar empolgado ao final de cada episódio. Uma das coisas que me chamou muito atenção foi a quantidade de personagens na trama, que mesmo com apenas 12 episódios consegue nos mostrar bem cada um deles, não quero me aprofundar muito, quero deixar que vocês se surpreendam.

A cada episódio você descobre uma parte do quebra-cabeça que é essa história, e meus amigos essa série tem muitas revira-voltas e tudo é tão bem construído que você fica de queixo caído quando descobre cada uma delas, e tudo é simplesmente fantástico. Essa é uma das séries que eu estou indicando para todos os meus amigos incluindo vocês leitores do contador, não deixem de assistir. Então é isso amigos essa é minha recomendação de série para vocês!!

MATÉRIA SOBRE “REUNIÃO”

Essa é uma matéria exclusiva sobre matérias que falam de reunião.

POR RICARDO ANDRÉ
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

Uma das coisas mais legais que a gente pode ver hoje em sites jornalisticos e blog’s é que muitas autoridades têm se empenhado em fazer reuniões só para bater fotos e postar nas redes sociais.

Lógico nada disso teria valor realmente se não fosse postado nas redes sociais para lograr curtidas, visualizações e compartilhamentos.

O ápice dessa nova modinha de matéria sobre reunião foi o que aconteceu essa seman, na quarta-feira (16) sobre a reunião com o presidente Michel Temer e a bancada Legislativa do Rio Grande do Norte, sobre a Segurança, que esta em crise no estado do RN.

reunião 1

A reunião das pessoas mais importantes do Rio Grande do Norte com a pessoa mais importante do Brasil, sobre o assunto mais importante no RN no momento, no fim resultou apenas em uma sessão de fotos e uma chuva de matérias, conclusão a que chegaram vários blogueiros e jornalistas. A seguir alguns ótimos textos:

Presidente Temer não garante nada de concreto para ajudar a diminuir a violência no RN

Temer promete estudo para apoio à segurança do RN

18 de agosto de 2017 às 12:40 Segurança Pública: Presidente Michel Temer passa a conta para a bancada do RN

Por sinal “segurança” é um tema tão importante para o governador,  que ele não foi para reunião.

reunião 2

Esse fato vai nos levar à conclusão de que muitas dessas matérias, muitas dessas reportagens que mostram simplesmente autoridades discutindo temas de gabinete muitas vezes não resultam em ação alguma. Pior que isso são uma forma antiquada e demagógica de fazer marketing pois revela apenas uma pré-disposição e estar realizando ações, ações essas, que muitas vezes não são concretizadas, ou seja, serviram apenas para consumir o nosso tempo e nossos dados móveis.

‘VINGADORES 3, ‘PANTERA NEGRA’ E ‘THOR: RAGNAROK’ FIZERAM MARVEL SAIR SOBERANA NA #SDCC 2017

Marvel lançou várias pistas de como serão seus futuros filmes, público ficou em êxtase com trailer exclusivo de ‘Vingadores 3’.

POR AILTON RODRIGUES
NATAL/RN

Mesmo concordando com meu amigo Iaslan Nascimento quando ele disse que a DC Comics apresentou muita coisa legal nessa San Diego Comic Com 2017, achei injusto não darmos ênfase ao painel da Marvel que por coincidência (ou não) foi no mesmo dia do da DC… Só posso dizer que a Marvel saiu soberana!

avengers
Poster de Vingadores 3.

Primeiro devemos começar falando do trailer ainda não veiculado de ‘Vingadores: Guerra Infinita’ que deixou os fãs alucinados, desde o ano passado que os produtores prometem mais de 60 heróis juntos para enfrentar o terrível Thanos e sua manopla (que aparece com apenas 3 joias do infinito). Sem dúvida será o filme mais esperado de 2018.

7-capita-marvel
Capitã Marvel (Brie Larson) será o primeiro na linha cronológica da Marvel.

Além disso, a empresa anunciou que o filme da Capitã Marvel, que também é extremamente importante em Guerra Infinita nos quadrinhos, se passará na década de 1990, ou seja, será o primeiro filme da linha cronológica dos heróis, antecedendo o Homem de Ferro 1. Agora ainda não sabemos como vão encaixá-la em Guerra Infinita parte 2.

Comic-Con International 2016 - Marvel Studios Presentation
Elenco de Pantera Negra.

Outra grande atração foi ‘Pantera Negra’ que teve um novo trailer completo, também exclusivo para quem foi a SDCC, apresentando oficialmente o Garra Sônica e os outros personagens que trazem Lupita Nyongo’o, Michael B. Jordan e grande elenco. O detalhe é que o trailer foi APLAUDIDO DE PÉ! Promete ser fantástico visualmente e na ação. Chega logo fevereiro!!!

rs_691x1024-170722191817-634-thor-ragnarok-poster-kg-072217
Novo cartaz de ‘Thor: Ragnarok’

Para fechar os grandes momentos da Marvel na SDCC falta falar de ‘Thor: Ragnarok’ que lançou um trailer altamente formidável com muitas nuances de humor e várias pontas que irão desembocar em Guerra Infinita. Foi visto por lá um Hulk que pensa (e fala), uma Cate Blanchet que promete ser divina como vilã (Hela) e uma sequência de diálogos bem legais entre Hulk e Thor… Ah e a confirmação de que os autores buscaram ser bem fieis aos quadrinhos em alguns aspectos. Veja o trailer abaixo:

Foram apresentados também o filme ‘Homem Formiga 2’ e a série ‘Os Defensores’… Haja papo para termos aqui no Contador de Causos! #Ansioso.

Nós estaremos de olho. Até qualquer hora!

UM POUCO DA DC COMICS NA SAN DIEGO COMIC CON 2017

POR IASLAN NASCIMENTO

A San Diego Comic-Con (SDCC) ocorreu no período de  20 a 23 de julho de 2017 e trouxe para todos nós muitas novidades sobre filmes, séries e artigos colecionáveis. Mas nesse texto quero me prender DC e seu universo cinematográfico.

 

Capa8_BxsgHoS
Poster da Liga da Justiça divulgado na SDCC 

Quero começar falando do trailer da liga da justiça. E que trailer hein, que trailer, tem bat sinal, comissário Gordon, faz menção ao lanterna verde, mesmo ele não estando confirmado no filme. Gostei muito do trailer, aumentando mais ainda a expectativa para ver esse filme. Só pela duração do trailer com mais de 3 minutos, já podemos esperar que o filme terá mais de 2 horas. Ah e não podemos esquecer do vilão bem presente no trailer o lobo da estepe com ótimas cenas de ação, mostrando que será um adversário complicado para a Liga.

content_pic
Lobo da Estepe nos quadrinhos

 

A DC quer construir seu universo cinematográfico compartilhado, assim como a Marvel no cinema e a própria DC nos seriados de TV, inclusive esse ano as séries da DC fizeram um grande crossover (quando duas ou mais séries fazem um episódio juntos) composto pelos seriados The Flash, Arrow, Supergirl e Legends of Tomorrow, e esse evento foi fantástico tendo um episódio em cada seriado.

cx4-fymxgaadpb3
Da esqueda para a direita: Supergirl, The Flash, Arrow, Legends of Tomorrow
DCCrossover
Cena com todos os personagens reunidos.

No cinema a DC começou seu universo com Homem de Aço (2013) , filme do Superman, seguido do Batman vs Superman (2016), Esquadrão Suicida (2016) e Mulher Maravilha (2017).  Antes da SDCC já estavam confirmados os longas da Liga da Justiça (novembro de 2017), Aquaman (dezembro de 2018) e o filme do Batman que passou por diversos problemas, gerando um atraso nas gravações, mas uma das grandes perguntas era se o Ben Affleck ia continuar no papel do herói, e ele confirmou que continuaria.

Além disso foram confirmados mais alguns filmes da DC nessa SDCC, porém não sabemos as datas. Um dos filmes confirmados foi Green Lantern Coops (O novo filme do lanterna verde), que já tinha sido confirmado no ano passado na mesma SDCC porém o projeto não teve progresso. Outros filmes confirmados foram: Mulher Maravilha 2, Esquadrão Suicida 2, Shazam, Batgirl, Liga da Justiça Sombria e o que mais me surpreendeu foi Flash: flashpoint (ponto de ignição) que é uma saga em que o Flash volta ao passado, causando uma série de mudanças na linha do tempo, inclusive fazendo com que todo o universo da DC nos quadrinhos tivesse um Reboot (uma reinicialização de uma saga e/ou universo contando toda a história do início, os reboots são muito comuns no mundo dos quadrinhos).

O flashpoint também aconteceu nas TV´s na 3ª temporada (2017) de The Flash, mas não foi tão marcante como poderia ser. Expectativas a mil para esse filme do Flash e para saber como isso vai impactar no universo da DC comics no cinema. Então é isso, um pouco do que a DC mostrou na SDCC, espero que tenham gostado e que estejam ansiosos como eu. Valeu pessoal até a próxima!!

O CONTADOR VIU: HOMEM ARANHA DE VOLTA AO LAR (SEM SPOILER)

POR IASLAN NASCIMENTO

Olá amigos, tudo bem com vocês? Vem ver o que achamos do filme do amigo da vizinhança, sem spoiler (claro).

‘Homem Aranha de volta ao lar’ chegou e com ele vimos o melhor do Homem Aranha no cinema, nada contra o Homem Aranha do Tobey Maguire (o primeiro Homem Aranha das telonas) ou até mesmo do Andrew Garfield, mas o Tom Holland é tudo aquilo que o Homem Aranha é nas HQ’s (Revistas em quadrinhos) um Nerd com superpoderes que tem que se dividir entre ser um bom aluno pelo turno da manhã e salvar a vizinhança a noite.

Esse filme é o que melhor que faz essa junção entre a vida pessoal do Peter Parker com o Homem Aranha, o tempo de tela tanto pro Peter quanto para o Homem Aranha é perfeito. Esse filme na minha opinião, tem muitos acertos em relação aos antigos, tem um bom tempo para as piadas sem elas serem chatas ou mal colocadas no roteiro. Os personagens secundários são muito bem aproveitados, aposto que todos vão gostar do Ned melhor amigo do Peter na escola, eu acho que ele é um dos melhores personagens do filme.

Spider-Man-Homecoming-Peter-and-Ned
Ned ao lado de Peter Paker

Um ponto que esse filme acertou em cheio foi o vilão, todos nós sabemos que a Marvel e a Sony tem problemas quando o assunto é vilões, eles não conseguem de jeito nenhum nos entregar um vilão muito bom eles são sempre razoáveis e esquecíveis mas dessa vez eles fizeram um bom vilão, entendemos sua motivação, não tem um grande trauma fazendo com que ele aja daquela forma, é só um vilão sem poderes com uma motivação humana nada de querer dominar o mundo, nada de sobrenatural, com certeza é um dos melhores vilões feitos pela Marvel.

Outro ponto positivo é a trilha sonora, a Marvel a um tempo vem mostrando que sabe fazer boas trilhas sonoras e melhor ainda sabe utilizar as músicas da cultura pop de forma perfeita em seus filmes, vide Guardiões da Galáxia. Mas fiquem atentos, a parte do logo da Marvel pois temos uma grata surpresa vocês querem saber o que é? Só se forem ver o filme rsrs.

O filme é bom, repleto de  referências aos quadrinhos, aos outros filmes da franquia e a própria cultura pop . Recomendo muito! Há antes que eu me esqueça, fiquem até o final dos créditos pois esse filme tem DUAS cenas pós-créditos. Até mais meus amigos!!

spider-man-homecoming-poster.jpg

 

O BULLYNG NU E CRU NA SÉRIE OS 13 PORQUÊS

Bullyng, assédio, solidão, estupro, suicídio são temáticas retratadas na série produzida pela Netflix para mostrar um pouco do mundo dos adolescentes.

Por Auxiliadora Ribeiro e Leidiane Barboza – São Miguel do Gostoso/RN      

Com os amigos passamos alguns dos melhores momentos da nossa vida, ou melhor, muitos momentos. A série Os 13 porquês (13 Reasons Why) entrou em nossas vidas numa tarde comum. Duas amigas, domingo, nada para fazer, a praia não era uma opção. Leidiane Barboza – a jovem das séries – resolveu então assistir, e eu, que também estou aprendendo a ser uma amante do cinema resolvi entrar no jogo. E assim começamos a ver juntas uma série, que não é qualquer série. Os 13 porquês vêm dando o que falar, e não é exagero, pois suas temáticas pesadas dá margem para várias discussões.

p13762579_b_v8_aaBaseada no best-seller de Jay Asher, a série original Netflix 13 Reasons Why tem com principal tema  o BULLYNG, relatado através da história de Hannah Baker. O Bullying é a prática de atos violentos, intencionais e repetidos, contra uma pessoa indefesa, que podem causar danos físicos e psicológicos às vítimas.

O termo surgiu a partir do inglês bully​, palavra que significa tirano, brigão ou valentão, na tradução para o português. No Brasil, o bullying é traduzido como o ato de bulirtocarbatersocarzombar, tripudiar, ridicularizar, colocar apelidos humilhantes e etc. Essas são as práticas mais comuns do ato de praticar bullying. A violência é praticada por um ou mais indivíduos, com o objetivo de intimidar, humilhar ou agredir fisicamente a vítima.

Hannah é uma adolescente que começa sua trágica trajetória de sucessivas agressões no ambiente escolar, ao ter uma foto embaraçosa divulgada em meio virtual. Desde então, passou a ser julgada como a vadia, a fácil, abrindo espaço para o assédio, e fazendo da sua vida uma imensa solidão, por meio do afastamento dos “amigos”, da falta de atenção dos gestores da escola e até dos seus pais por não compreenderem seus sinais. O mais impressionante dessa série é que os produtores não tiveram medo de relatar a gravidade do problema de uma forma tão chocante. Eles não suavizaram. Mostraram o bullyng nu e cru.

20170316203357621451a

O bullyng virtual pelo qual essa adolescente passou é muito sério, uma vez que esse tipo de bullyng não se restringe apenas a um ambiente. Ele não tem fim. Você é atacado por várias pessoas que muitas vezes não é possível identificar pois ocorre em meios eletrônicos, com  mensagens difamatórias ou ameaçadoras circulando por e-mails, sites, blogs (os diários virtuais), redes sociais e celulares.

Cansada de tudo, Hannah resolve tirar sua própria vida. Contudo, para a surpresa de todos ela deixou gravado os motivos dessa decisão. 7 fitas, contando os 13 porquês que a fizeram desistir da vida. A história é contada em dois tempos (futuro e passado) e acompanha a trajetória de Clay Jensen – colega de classe e de trabalho e paixão secreta – de Hannah Baker.

A série gerou e vem gerando bastante repercussão, dividindo opiniões e com interpretações, de certa forma equivocadas, pois a mensagem que a obra quer transmitir, não é de que problemas serão solucionados com o suicídio, mas sim, mostrar as consequências de atos inconsequentes de desrespeito, preconceito, julgamentos para com o outro, e através disso, alertar as pessoas, seja adolescentes, jovens, adultos para a gravidade do problema.  Não é só isso. A mensagem também é de que a vida continua, e que existem outras maneiras de se enfrentar os problemas. O personagem Clay diz ao final do último episódio que de alguma forma precisamos mudar o jeito como tratamos as pessoas.

A série é super bem produzida, comovente, e instigante. Vale a pena assistir. E o melhor de tudo é que não é  uma série destinada apenas a um público, ou ao mero entretenimento, mas uma série para a vida.

E uma dica: ao final da série há um documentário (13 Reasons Why: Tentando entender os porquês) com elenco, equipe de produção, e profissionais da área da saúde discutindo as cenas que abordam questões difíceis como bullyng, depressão e abuso sexual.

Fontes utilizadas:

https://novaescola.org.br/conteudo/1424/20-o-que-e-bullying-virtual-ou-cyberbullying

https://www.significados.com.br/bullying/

http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/viver/2017/03/16/internas_viver,694416/conheca-os-13-porques-nova-serie-da-netflix.shtml

https://filmow.com/os-13-porques-1a-temporada-t195139/