Todos os posts de Auxiliadora Ribeiro

21 anos, casada, técnica em Administração pelo IFRN, membro do Coletivo de Direitos Humanos Ecologia, Cultura e Cidadania - CDHEC, membro do empreendimento "Entretenimento Cultural Café com Leite"; Bacharelanda em Direito pela UERN.

O BULLYNG NU E CRU NA SÉRIE OS 13 PORQUÊS

Bullyng, assédio, solidão, estupro, suicídio são temáticas retratadas na série produzida pela Netflix para mostrar um pouco do mundo dos adolescentes.

Por Auxiliadora Ribeiro e Leidiane Barboza – São Miguel do Gostoso/RN      

Com os amigos passamos alguns dos melhores momentos da nossa vida, ou melhor, muitos momentos. A série Os 13 porquês (13 Reasons Why) entrou em nossas vidas numa tarde comum. Duas amigas, domingo, nada para fazer, a praia não era uma opção. Leidiane Barboza – a jovem das séries – resolveu então assistir, e eu, que também estou aprendendo a ser uma amante do cinema resolvi entrar no jogo. E assim começamos a ver juntas uma série, que não é qualquer série. Os 13 porquês vêm dando o que falar, e não é exagero, pois suas temáticas pesadas dá margem para várias discussões.

p13762579_b_v8_aaBaseada no best-seller de Jay Asher, a série original Netflix 13 Reasons Why tem com principal tema  o BULLYNG, relatado através da história de Hannah Baker. O Bullying é a prática de atos violentos, intencionais e repetidos, contra uma pessoa indefesa, que podem causar danos físicos e psicológicos às vítimas.

O termo surgiu a partir do inglês bully​, palavra que significa tirano, brigão ou valentão, na tradução para o português. No Brasil, o bullying é traduzido como o ato de bulirtocarbatersocarzombar, tripudiar, ridicularizar, colocar apelidos humilhantes e etc. Essas são as práticas mais comuns do ato de praticar bullying. A violência é praticada por um ou mais indivíduos, com o objetivo de intimidar, humilhar ou agredir fisicamente a vítima.

Hannah é uma adolescente que começa sua trágica trajetória de sucessivas agressões no ambiente escolar, ao ter uma foto embaraçosa divulgada em meio virtual. Desde então, passou a ser julgada como a vadia, a fácil, abrindo espaço para o assédio, e fazendo da sua vida uma imensa solidão, por meio do afastamento dos “amigos”, da falta de atenção dos gestores da escola e até dos seus pais por não compreenderem seus sinais. O mais impressionante dessa série é que os produtores não tiveram medo de relatar a gravidade do problema de uma forma tão chocante. Eles não suavizaram. Mostraram o bullyng nu e cru.

20170316203357621451a

O bullyng virtual pelo qual essa adolescente passou é muito sério, uma vez que esse tipo de bullyng não se restringe apenas a um ambiente. Ele não tem fim. Você é atacado por várias pessoas que muitas vezes não é possível identificar pois ocorre em meios eletrônicos, com  mensagens difamatórias ou ameaçadoras circulando por e-mails, sites, blogs (os diários virtuais), redes sociais e celulares.

Cansada de tudo, Hannah resolve tirar sua própria vida. Contudo, para a surpresa de todos ela deixou gravado os motivos dessa decisão. 7 fitas, contando os 13 porquês que a fizeram desistir da vida. A história é contada em dois tempos (futuro e passado) e acompanha a trajetória de Clay Jensen – colega de classe e de trabalho e paixão secreta – de Hannah Baker.

A série gerou e vem gerando bastante repercussão, dividindo opiniões e com interpretações, de certa forma equivocadas, pois a mensagem que a obra quer transmitir, não é de que problemas serão solucionados com o suicídio, mas sim, mostrar as consequências de atos inconsequentes de desrespeito, preconceito, julgamentos para com o outro, e através disso, alertar as pessoas, seja adolescentes, jovens, adultos para a gravidade do problema.  Não é só isso. A mensagem também é de que a vida continua, e que existem outras maneiras de se enfrentar os problemas. O personagem Clay diz ao final do último episódio que de alguma forma precisamos mudar o jeito como tratamos as pessoas.

A série é super bem produzida, comovente, e instigante. Vale a pena assistir. E o melhor de tudo é que não é  uma série destinada apenas a um público, ou ao mero entretenimento, mas uma série para a vida.

E uma dica: ao final da série há um documentário (13 Reasons Why: Tentando entender os porquês) com elenco, equipe de produção, e profissionais da área da saúde discutindo as cenas que abordam questões difíceis como bullyng, depressão e abuso sexual.

Fontes utilizadas:

https://novaescola.org.br/conteudo/1424/20-o-que-e-bullying-virtual-ou-cyberbullying

https://www.significados.com.br/bullying/

http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/viver/2017/03/16/internas_viver,694416/conheca-os-13-porques-nova-serie-da-netflix.shtml

https://filmow.com/os-13-porques-1a-temporada-t195139/

18 DE MAIO: DIA NACIONAL DE COMBATE AO ABUSO E A EXPLORAÇÃO SEXUAL DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES

Neste sábado, 20 de maio, a Prefeitura Municipal de São Miguel do Gostoso, através da Secretaria Municipal de Trabalho, Habitação e Assistência Social – SEMTHAS realiza Grande Caminhada de Conscientização Contra ao Abuso e a Exploração sexual de Crianças e Adolescentes.

Por Auxiliadora Ribeiro – São M. do Gostoso/RN

A data 18 de maio foi escolhida como símbolo da luta pelos direitos das crianças e adolescentes, em lembrança ao sequestro da menina Araceli Cabrera Sanches, estuprada e assassinada aos 8 anos de idade, em 18 de maio de 1973, em Vitória. Conforme instituído pela Lei Federal n° 9970/00, o dia 18 de maio é o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

Portanto, este não é um dia comum. Todo o Brasil entra numa campanha de conscientização contra ao abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes. Esse também não é um dia feliz. Na verdade, ele não precisaria existir, se os direitos das nossas crianças e adolescentes não fossem violados, mas infelizmente não é assim.

Entendendo a diferença entre abuso e exploração sexual

6e976813a2be43aaa61f96736798fbb2_60c19e424f5184facf2912a08e8250c4__cartao_postal__campanha_18_de_maioxxx.1 2
Fonte: Google Imagens

“O abuso sexual envolve contato sexual entre uma criança ou adolescente e um adulto ou pessoa significativamente mais velha e poderosa. As crianças, pelo seu estágio de desenvolvimento, não são capazes de entender o contato sexual ou resistir a ele, e podem ser psicológica ou socialmente dependentes do ofensor. O abuso acontece quando o adulto utiliza o corpo de uma criança ou adolescente para sua satisfação sexual. Já a exploração sexual é quando se paga para ter sexo com a pessoa de idade inferior a 18 anos. As duas situações são crimes de violência sexual.”

O que nós, sociedade civil e poder público podemos fazer? O principal são ações, projetos que visem prevenir tal malefício, mas também lutar para que as pessoas, principalmente a vítima, os familiares e as pessoas próximas possam denunciar a violência já ocorrida.

1013912_612200635467948_926716187_n
Fonte: Google Imagens

18 de maio em Gostoso

A semana do 18 de maio foi de mobilização em nosso município. A Secretaria Municipal de Trabalho, Habitação e Assistência Social – SEMTHAS em parceria com a Secretaria Municipal de Educação e Cultura – SMEC, Conselho Tutelar, CMDCA, Secretaria de Saúde  está organizando a GRANDE CAMINHADA DE CONSCIENTIZAÇÃO CONTRA AO ABUSO E A EXPLORAÇÃO SEXUAL DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES. Para isso, foi trabalhado a temática do dia 18 de maio nas escolas, através de filmes, músicas, produção de redação, montagem de peça de teatro, grito de guerra, etc. E o resultado de tudo isso vai ser mostrado nesse sábado, dia 20 de maio.

O Conselho Tutelar também fez sua mobilização na feira livre na última segunda-feira (15/05) e nas ruas da sede do município distribuindo panfletos informativos e colando cartazes em vários pontos. E a SEMTHAS por sua vez, que coordena toda essa campanha vem trabalhando na produção de bandeiras do Disque 100, de faixas, e ao longo desses dias produziu também uma dança sobre o Hino do 18 de maio.

18557227_1281123438653549_5888099693401328103_n
Programação 18 de maio em Gostoso

Enfim, é uma ação conjunta, que visa tocar a comunidade, pois segundo relatos das Conselheiras Tutelares Eva (Evinha) e Francisca Henrique o número de ocorrências sobre abuso e violência sexual de menores vem aumentando.

Por isso,  toda a população é convidada para se juntar a essa campanha e sair nessa grande caminhada pelas ruas de Gostoso dizendo NÃO ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. A Concentração será às 15h no Maceió em frente ao postinho de saúde.

O Contador segue de olho nessas ações e também adere a essa linda campanha!

Fontes consultadas:

oficinadeimagens.org.br/wp-content/uploads/2015/05/18_MAIO.pdf

http://www.acolhida.org.br/18-de-maio-dia-nacional-de-combate-a-exploracao-sexual-de-criancas/

 

EM BREVE TERÁ CONFECÇÃO DE CARTEIRAS DO ARTESÃO EM GOSTOSO

Uma ação da Prefeitura Municipal de São Miguel do Gostoso através da Secretaria de Trabalho, Habitação e Assistência Social – SEMTHAS com a parceria da Secretaria Estadual de Trabalho, Habitação e assistência Social – SETHAS/RN.

 Por Auxiliadora Ribeiro – São Miguel do Gostoso/RN

Por meio de uma solicitação da SEMTHAS – São Miguel do Gostoso, a equipe do Programa Estadual de Artesanato – PROART da SETHAS – Natal/RN estará vindo em breve a São Miguel do Gostoso para confeccionar carteiras do artesão. A ação será no Centro de Múltiplo Uso e assim que for confirmada a data, será divulgada nos meios de comunicação.

Por enquanto, recomenda-se que os artesãos gostosenses providenciem o que é necessário para ter direito a carteira:  foto 3×4, xérox da identidade, CPF e comprovante de residência. E deverá levar também duas peças do seu artesanato para ser avaliado.

Se você é um artesão fique ligado na data que ainda será divulgada e se programe antecipadamente. Se você conhece algum artesão não deixe-o perder essa oportunidade.

O Contador está de olho em tudo e conta para você!

Fotografia: Ariclenes Silva.

BRINQUE O CARNAVAL SEM BRINCAR COM OS DIREITOS DAS CRIANÇAS E DOS ADOLESCENTES

Campanha Nacional de proteção aos direitos das crianças e dos adolescentes  tem como tema Respeitar, Proteger, Garantir: todos juntos pelos direitos da criança e do adolescente.

POR AUXILIADORA RIBEIRO – SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

campanha-brinque-o-carnaval

O carnaval é uma época muito esperada e já está a nossa porta. As prévias do grande momento de maratonas de festas já iniciaram e a Prefeitura Municipal de São Miguel do Gostoso divulgou a programação oficial dos desfiles dos blocos. Porém, faltou um que pode fazer parte de todos sem nenhum problema: O BLOCO DE PROTEÇÃO AS CRIANÇAS E ADOLESCENTES. Te convido a fazer parte desse bloco para evitarmos tantos males a nossa meninada.

Pais, familiares, jovens, adultos, idosos entrem todos nessa campanha, atualizem a sua foto de capa no Facebook, divulguem essa campanha nas suas demais redes sociais, fiscalizem, fiquem atentos, não se calem, denunciem! Procure o Conselho Tutelar ou disque 100.

nao-desvie-o-olhar

A Campanha Nacional de Proteção aos Direitos das Crianças e dos Adolescentes tem como foco o enfrentamento a cinco violações de direitos: trabalho infantil, violência sexual, uso de álcool e outras drogas, desaparecimento de crianças e meninos e meninas em situação de rua.

Se você se deparar com qualquer uma dessas situações descritas acima denuncie. A Campanha pretende promover uma mudança cultural no país, a partir do esclarecimento do conceito “violação de direitos da criança e do adolescente” e foi elaborada partindo da premissa de que a prevenção e a denúncia são ações cotidianas e de responsabilidade de todos.

Clique aqui para acessar todo material da campanha nacional. Tem banner, cartaz, folder, adesivo, boné, camiseta, etc., para entrarmos nesse bloco de proteção. E baixe também o aplicativo Proteja Brasil para denúncias.

Os familiares e responsáveis tem um grande papel nessa campanha. NÃO deixe as crianças e adolescentes a mercê de tais perigos. Fique próximo, não ofereça bebida, não deixe-o na rua sozinho ou com alguém alcoolizado, PROTEJA e estará prevenindo grandes problemas.

VENDA DE BEBIDA ALCOÓLICA PARA MENORES É CRIME!

EXPLORAÇÃO SEXUAL DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES É CRIME!

DENUNCIE!!!

Por fim, assistam ao vídeo da campanha para o carnaval

sem-titulo-2

LETRA DA MÚSICA

Quem cala, consente. Não aceite nada errado com criança e adolescente. Nessa folia… Não vale nada.. Que entristeça ou machuque a meninada. Eu ouço, eu vejo. Fico atento, denuncio e as crianças eu protejo.

O Contador está de olho e atento!

Link acessado: http://www.sdh.gov.br/noticias/2017/fevereiro/governo-federal-lanca-campanha-nacional-de-protecao-a-criancas-e-adolescentes-no-carnaval

ANO NOVO EXIGE COMPORTAMENTO NOVO: PLANEJE-SE!

Já estamos na segunda semana de Janeiro de 2017, e como o tempo voa é bom saber aproveitá-lo. Para isso, existe um elemento importante que está conosco todos os dias. Vamos descobri-lo?

POR AUXILIADORA RIBEIRO, SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

O ano mudou, a gestão pública municipal também mudou, mas falta alguém muito importante seguir o ritmo das mudanças: NÓS.  Para um ano realmente novo, são nossas atitudes que precisam mudar e o primeiro passo é PLANEJAR-SE.

 

15781618_579422235584699_6530436318352331882_n
Fonte: Facebook

Quais seus planos para 2017? Quantas atividades você precisa desempenhar no dia a dia? Seu tempo, como está? Dá para trabalhar, estudar, praticar atividade física, cuidar da família, descansar, ter momentos de lazer, ler, assistir, rezar (para quem tem essa prática)  namorar, cuidar de você? Ufa! São tantas coisas! Será que conseguimos fazer tudo isso?

Olha, considerando que temos 24 horas no dia, com um bom planejamento e disciplina, talvez nos surpreendamos com nós mesmos. Já fiz a experiência de ter um cronograma de atividades diárias, e apesar de ser difícil segui-lo o resultado é muito bom, foi com isso que consegui fazer faculdade, cursinho para o Enem, atividade física, comer melhor, dormir relativamente bem, estudar, enfim, um conjunto de atividades que me levou a  aprovação na tão sonhada faculdade de Direito.

É preciso admitir que alguns momentos ficam um pouco comprometidos, como o lazer, o descanso, o tempo com a família e os amigos, porém, aprendi que o que importa não é a quantidade de tempo que passamos fazendo algo, mas a qualidade desse tempo, além do mais, com uma boa organização tudo se encaixa.

Acordei para o planejamento quando passei a ter uma rotina pesada de estudos. Sentia que perdia tempo e não era produtiva, desde então quando vivo sem me planejar parece que está tudo fora do eixo, descontrola saúde física, mental, financeira, espiritual, e por aí vai!

 

a-vida-e-um-sopro-aproveite
Fonte: Facebook

E como sei que esse é um problema de muita, muita gente, decidi então usar do meu dom (escrever) para contagiar as pessoas, para impulsiona-las a planejar-se. E para que vocês entendam como, vou contar uma pequena história…

Um certo homem (Padre João Maria dos Anjos) morador de uma bela cidade  (pároco da paróquia de São Miguel Arcanjo – São Miguel do Gostoso) tem um bom e admirável hábito de todos os dias pela manhã no Facebook publicar uma mensagem própria do dia. Já no finalzinho de 2016 uma certa jovem artista e escritora (eu) pensou: vou selecionar algumas dessas mensagens e fazer “algo que nos acompanha todos os dias” de uma forma diferente.

Não foi fácil! Foram dois dias para salvar as mensagens de um ano inteirinho, mais dois dias para personalizar o CALENDÁRIO, o elemento que está conosco sempre e que é uma das melhores  ferramentas para nos organizarmos. Depois de concluído, a jovem pensou: vou imprimir um para levar para o trabalho, dar um ao Padre João Maria e enviar para alguns amigos e familiares. A jovem adormeceu e ao acordar pensou novamente na ideia, contudo, de uma forma diferente: e se eu compartilhar isso no Contador de Causos? E foi assim que aconteceu…

Vou deixar o CALENDÁRIO 2017 disponível AQUI para quem desejar iniciar o ano de uma forma diferente.

O CALENDÁRIO

amostra-do-calendario

 

Está organizado semanalmente. Para cada semana (destacada) há uma mensagem e um espaço para anotações. Fiz apenas até JUNHO, concorda que já se passaram 6 meses e se faz necessário parar para um novo planejamento?

Para quem gostar em junho tem mais!

 

 

 

 

O AUTO NÃO VAI ACABAR, SOMOS MAIS FORTES DO QUE A CRISE

“E nesse ano de 2016, com a crise financeira, ano de eleições, seria a hora do Auto de Natal chegar ao fim?”

POR AUXILIADORA RIBEIRO
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

Auto 2014 05

O CDHEC, ONG que atua em São Miguel do Gostoso, há 3 anos realiza o Auto de Natal junto a Paróquia de São Miguel Arcanjo. Em seu primeiro ano (2013) o espetáculo foi dirigido por Patrícia Caetano. Com características mambembes contou com aproximadamente 30 atores e foi realizado na Praça dos Anjos, no bairro do Maceió.

Em 2014 o Auto foi ampliado, sendo dirigido por Anna Celina e Beto Vieira da Companhia de Artes Trotamundos. Com uma roupagem clássica envolveu em torno de 70 atores. Foi realizado na praia da Xepa, dessa vez em palco.

auto-solidario-01

No ano de 2015 o espetáculo também aconteceu, mas com dificuldades. Devido a questão financeira, para minimizar custos, foi realizado o mesmo espetáculo de 2014, com praticamente o mesmo elenco, figurino, cenografia, estrutura.

E nesse ano de 2016, com a crise financeira, ano de eleições, seria a hora do Auto de Natal chegar ao fim?

Se não existisse protagonistas juvenis em Gostoso e pessoas generosas seria sim! Quando a notícia da não realização se espalhou, a opinião popular começou a chegar:

“É o evento mais lindo que tem nessa época, não pode acabar”.

“Os empresários já divulgam e vendem que nesse período tem o Auto de Natal, ouvi até um comentando”.

“Vai ser muito sem graça se não acontecer, os turistas adoram e as famílias orgulham-se em ver seus filhos e parentes participando.”

Uma coisa que não devemos é contrariar a opinião e a expectativa boa do povo. Além do mais, São Miguel do Gostoso além de se diferenciar pelo seu potencial turístico, se diferencia também pela expressão artística e cultural de seu povo, seu lugar. O CDHEC uniu forças e com o tempo apertado e o financeiro também decidiu realizar a 4ª edição do Auto de Natal de Gostoso.

Entramos em uma campanha: “Auto Solidário – do tamanho que o povo pode pagar!” Espalhamos caixinhas solidárias em alguns pontos da cidade e a campanha nas redes sociais está acontecendo. Visitas a empreendimentos locais para solicitar apoio também.

Além de ser um Auto de Natal solidário, é também econômico. Ao invés do palco, realizaremos na quadra de esportes da Praia da Xepa.  A direção teatral do espetáculo está sendo realizada de forma voluntária pelas jovens nativas e membros da ONG realizadora Iris Vital e Auxiliadora Ribeiro da Companhia Café com leite.

Enfim, O NASCIMENTO DO MENINO LUZ além de dar continuidade as propostas das edições anteriores de mostrar no espetáculo as manifestações culturais locais, traz também com simplicidade e beleza, um pouco da forma de ser, e um pouco da história tão própria desse lugar Gostoso de se morar e visitar. Conta com mais de 50 participantes entre crianças, jovens e adultos nativos e traz uma roupagem mais original, tudo feito pela nossa gente. Está ficando belo e emocionante! Acontecerá no dia 17 de dezembro às 19:30 na Praia da Xepa,

Contamos com a colaboração daqueles que amam São Miguel do Gostoso e querem ver suas expressões culturais VIVAS. Não importa quanto, importa sua colaboração!

Despesas de cenário, iluminação, som, divulgação ainda estão pendentes, esperando por sua contribuição.

Se não puder fazer sua doação compartilhe essa mensagem com seus contatos e já estará ajudando.

DOAÇÕES:

Conta do CDHEC Banco do Brasil

– Agência: 3525-4

– Conta: 27021-0

Você pode fazer sua doação também nas caixinhas solidárias disponíveis:

auto-solidario-02

– Na secretaria da Paróquia de São Miguel Arcanjo

– No Supermercado Teixeira

– No Supermercado Vital

– No Supermercado Venâncio

– Na Padaria central

– No Mercado São Marcos

– No Restaurante Bouquet Garni

Em nome de Toda CDHEC, da Paróquia de São Miguel Arcanjo, do Café com Leite e todo o povo gostosense, imensamente grata!

Ah e agradeço ao Contador de Causos pelo espaço também! Valeu!

A MÁ POLÍTICA E O PAPEL DO POVO

As eleições municipais de 2016 para vereador e prefeito estão à nossa porta e é preciso abrir o olho, pois se a política não vai bem nossa vida também não.

odeio política
Fonte: Google Imagens

 

Por Auxiliadora Ribeiro – S.M. do Gostoso/RN

O cenário político conturbado que nosso país vem vivenciando tem afetado a vida de todos os brasileiros, isso porque, a política rege o nosso dia a dia, pois é da política que saem TODAS as decisões.

Diante de tantos desmandos na vida pública, o povo tem desacreditado da política, nos sentimos impotentes, perdidos, achamos que não tem jeito. “Todos roubam”, “nenhum presta”, “isso nunca vai mudar”, etc., são colocações cotidianas nos diálogos a respeito de política, ou pior, quando se começa um diálogo a respeito da política, geralmente tem sempre um que diz que “política não se discute”, ou “eu odeio a política”.

analfabeto-político
Fonte: Google Imagens. Pensamento sobre a má política

Sinto ter que cutucar a sua ferida caro leitor, mas com todo respeito à sua opinião, acredito que não seja por aí…

Vem comigo entender porquê:

Antes de tudo é preciso se conscientizar de que a CORRUPÇÃO é uma doença de TODA a sociedade brasileira. E a corrupção não está só na política eleitoral, na vida pública, está no nosso cotidiano. Costumamos dizer: “os políticos são isto e aquilo”, entretanto, sabemos que os políticos não “caem do céu”, os políticos saem do meio de nós, nós somos ou seremos os políticos.

Cabe também reforçar que das nossas decisões são eleitos os representantes do povo. E são os representantes do povo que vão decidir sobre nossa vida: EDUCAÇÃO, SAÚDE, SEGURANÇA, ASSISTÊNCIA SOCIAL, TRABALHO, CULTURA, ESPORTE, LAZER, ECONOMIA, etc., absolutamente TUDO que precisamos para viver em sociedade e com qualidade de vida.

Recentemente tivemos uma manifestação no nosso município intitulada de “O POVO TAMBÉM TEM VOZ”. E uma manifestação, a exemplo dessa, acontece quando pessoas (povo) se UNEM para expressar insatisfações, para reivindicar melhorias. Sou atrevida em dizer que “O POVO É A VOZ!” Não tem NADA que NÃO possa ser mudando quando o POVO se ORGANIZA e se MOBILIZA, sabemos porém,  que não é nada fácil, o que também não é motivo para não fazer algo.

284790_438955722813366_966199685_n
Fonte: Google Imagens. Reflexão a cerca da união do povo

Quero chegar com isso, a um alerta de que vivemos em uma democracia, que significa “governo do povo”, e por isso temos que despertar para o nosso papel de fiscalizadores, de ATORES POLÍTICOS e não meros espectadores ou “reclamões”. Não podemos ficar de braços cruzados vendo a má política acontecer, e pior, contribuindo para que ela aconteça, pois quando exigimos, por exemplo, do político, algo em troca para poder votar nele, somos nós os seus corruptores.

TALVEZ, alguns candidatos até tenham a pretensão de fazer diferente, contudo, a velha forma de fazer política pode dificultar e até não deixar. Sei que a coisa não é tão fácil, que a maioria dos políticos só aparecem de 4 em 4 anos, enquanto o povo clama por melhoria, e então, muitos (povo) enxergam no período das eleições a oportunidade de conseguir aquilo que não teve e que geralmente não consegue durante os 4 anos de gestão.

egoismo
Fonte: Google Imagens. Tradução: Para mim o que mais me preocupa é como diminuir o índice de egoísmo.

Acredito, no entanto, que se não pararmos de pensar só no nosso umbigo, no nosso trabalho, na nossa família, enfim, somente “nós” e não começarmos por nós POVO a mudar essa realidade de corrupção, a má política só vai crescer.

Penso também que o voto comprado não ficará por isso mesmo, o político vai querer recuperar o tanto de dinheiro que gastou para se eleger e aí vai continuar faltando comida na barriga, saúde na praça, educação na cabeça, segurança em casa.  Se o político é capaz de utilizar todos os meios da má política para se eleger, imagine o que não fará quando eleito?

Temos que  entender que somos o povo, somos a sociedade, e somos nós POVO, que construímos a realidade, portanto, se a construímos podemos também revogá-la a qualquer momento, basta nos organizarmos, nos mobilizarmos.

Utopia? Não! Te mostro um exemplo:

A Adriana Lemes de Oliveira, é uma cidadã de Santo Antônio da Platina, no norte do Paraná, que ao ter conhecimento de um projeto de lei para aumento salarial de prefeito e vereadores, ficou indignada e com sua indignação conseguiu mobilizar os moradores, fazendo com que os vereadores desistissem do aumento salarial.

Para ver a matéria na íntegra acesse aqui. Vale a pena conferir!

Campanha-contra-a-Corrupção-CNJ
Fonte: Google Imagens

Por fim, acredito que o processo eleitoral funciona um pouco como um jogo de tentativa e erro, tentamos de um jeito, deu erro? Temos a possibilidade de tentar novamente.

Não falo em prol de nenhum político, falo em prol da nossa consciência, falo em prol de começarmos a destruir a má política em Gostoso, no RN, no Brasil, pois como diz uma frase de Bertolt Brecht “Se continuarmos a nos omitir da política é tudo que os malfeitores da vida pública mais querem.”

Vamos juntos nessas eleições com honestidade destruir a má política!