EM QUEM VOCÊ VOTOU?

A votação da última quarta-feira (02) mostra mais uma vez que o voto dos deputados federais não esta alinhado com o voto de seus eleitores.

RICARDO ANDRÉ
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

“O seu deputado federal – aquele que você votou em 2014 – seguiu a SUA opinião na votação de quarta-feira (02)?”

Na última quarta-feira (02) o horário nobre da TV brasileira, tanto nos canais pagos quanto nos livres foi tomado pela tantas vezes ignorada TV Câmara (aquela que passa os deputados falando), a votação que aprovaria ou rejeitaria o arquivamento das denuncias contra o presidente Temer foi estrategicamente atrasada pelos partidos da oposição possibilitando que o eleitor visse a “cara” do seu deputado declarando seu voto. “Meu Deus! Que representação politica nós temos?!”.

Quem não assistiu a votação pode assitir ao voto dos deputados do RN, clicando AQUI.

noticia_158930
Eles votaram SIM: Rogério Marinho (PSDB), Beto Rosado (PP), Fabio Faria (PSD), Felipe Maia (DEM) e Walter Alves (PMDB). (esq. à dir)

Analisando por um panorama mais geral a votação ao vivo, gerou uma série de “traições” na base governista. Claro que isso não foi suficiente para mudar o panorama da votação, porém, serve como experimento social para analisar que alguns deputados quando não estão sendo observados pelos seus eleitores, só fazem merda. Um bom exemplo foram os Tucanos (PSDB) de São Paulo; dos 11 que fazem parte do grupo do Presidente Temer, 10 votaram contra, ou seja, optaram por preservar seu mandato.

noticia_158931 - Cópia
Eles votaram NÃO: Zenaide Maia (PR), Rafael Motta (PSB) e Antônio Jacome (PODE)

Olhando para bancada do Rio Grande do Norte, tivemos 3 votos (NÃO) contra o governo que foram de Zenaide Maia (PR), Antônio Jacome (PODE) e Rafael Motta (PSB), e 5 votaram SIM, foram os governistas Walter Alves (PMDB), Rogério Marinho (PSDB), Fabio Faria (PSD), Felipe Maia (DEM) e Beto Rosado (PP).

Fica ai um pergunta no ar: Será que os cinco nobres parlamentares que votaram a favor do governo Temer com suas equipes de assessores, não sabem da imensa rejeição do presidente?

Bem capaz que saibam, mas acreditam que com os recursos das emendas parlamentares possam garantir votos para si na base, graças aos prefeitos que invadiram Brasília na terça (01) e quarta (02) em busca se seu quinhão, pois precisam desesperadamente de obras.

A pergunta que fundamenta esse artigo deixo para o nobre leitor responder.

Anúncios