SÃO MIGUEL DO GOSTOSO PRECISA REVER SUA POLITICA DESPORTIVA

Politica desportiva em São Miguel do Gostoso merece reflexão.

POR RICARDO ANDRÉ
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

A cobrança de taxas ou similares para competições é uma pratica que inaugurou a gestão da nova secretaria de Esporte de São Miguel do Gostoso.

Sobre um pretexto de “boa ação” ou “contribuição social” a atitude de cobrar inclusive de eventos infantis, vai na contra mão do que se imaginava para uma politica de incentivo ao esporte gostosense.

Cobrar mesmo que seja um quilo de alimento, em evento tradicional e público, querendo ou não, exclui quem não tem um quilo de alimento para dar.

Além de excluir, não fomenta a prática desportiva, e serve de marketing político para os agentes públicos envolvidos.

Compare

A Copa do Interior (futebol de campo) realizada por uma comissão independente teve a sua inscrição no valor de R$ 125,00 e reuniu 16 times (titular e juvenil).

A Copa Gostoso de Futsal realizada pela Secretaria de Esportes custou R$ 150,00 para cada time inscrito e reuniu 12 times. E houve a cobrança de um quilo de alimentos para assistir as semifinais e a final.

Os Jogos Escolares do RN (JERN’s) são gratuitos, assim como qualquer competição dita “pública” deveria ser.

Precisamos lembrar que o município não possui nenhuma lei que autorize a nova secretaria a cobrar por inscrição em competições, logo essa contribuição é ilegal.

Qual o papel da Secretaria de Esporte?

A nova secretaria deveria fomentar a politica pública de esporte através de suas ações, projetos e programas.

Na realidade o que temos é uma secretaria que nasceu sem orçamento e com 4 cargos de “confiança” que custam ao município R$ 140.678,40 por ano.

As ações da nova secretaria não vão além do que os grupos independentes que existem em Gostoso já fazem, nem suas ações alcançam ou beneficiam tais grupos, times e escolinhas além do que a Secretaria de Educação já realizava nos últimos anos. Pelo contrário, os grupos independentes que mobilizam o esporte em São Miguel do Gostoso ganharam mais um concorrente, que compete através de seus diversos articuladores por patrocínio, cada vez mais difícil; e para fechar com chave de ouro ainda tem que contribuir para com o poder publico – sem reclamar.

O município de São Miguel do Gostoso realmente precisa rever sua politica desportiva.

Anúncios