COM TRÊS DEFESAS DE VALMIR NOS PÊNALTIS, PALMEIRAS CONQUISTA O BICAMPEONATO DO INTERIOR

Questionado pelo gol sofrido no tempo normal, Valmir se consagra como herói nos pênaltis. Pelo juvenil o Bahia conquista o título também nos penais.

POR AILTON RODRIGUES
IMAGENS ARICLENES SILVA
ANT. CONSELHEIRO, S.M. DO GOSTOSO/RN

Final Interiorzão 2017 (6)
Final Interiorzão

A final da Copa do Interior aconteceu neste último sábado (08) no campo da Portuguesa no Antônio Conselheiro e reuniu centenas de espectadores para assistir aos grandes duelos nas categorias juvenil e titular entre Bahia x Portuguesa e Flamengo x Palmeiras respectivamente.

Ambas decisões foram para os pênaltis e os grandes protagonistas foram os goleiros. O Bahia levantou a taça de campeão juvenil, enquanto o Palmeiras se consagrou como bicampeão do interior.

Toda a festividade teve direito a transmissão ao vivo para as rádios 87,9 e 106 FM, além da presença da deputada federal Zenaide Maia que prestigiou a decisão e declarou que o esporte precisa de mais iniciativas como esta. O evento teve a organização de Eudivan Vianna e Ailton Rodrigues com apoio e iniciativa do vereador Evânio Menezes.

Veja como foi com a bola rolando:

CATEGORIA JUVENIL – 08/07 (SAB), ANT. CONSELHEIRO – FINAL

BAHIA (4) 0 x 0 (3) PORTUGUESA

Comemoração Bahia
Bahia campão juvenil

Um jogo bem morno no primeiro tempo, assim podemos classificar Bahia e Portuguesa, apenas os 15 minutos finais foram mais emocionantes com uma chance clara para cada lado.

No segundo tempo, o jogo até ficou mais aberto, mas a melhor chance ficou na conta do Bahia que em chute de Robson forçou o goleiro Rodrigo a fazer uma defesa monstruosa e assim o marcador ficar no 0 a 0.

DECISIVO NA SEMI, VILÃO NO FINAL

Moab Isola Cobrança na final
Moab isola sua cobrança

Lucinaldo foi do céu ao inferno na Portuguesa. Converteu o penal na semifinal que culminou com a eliminação do Palmeiras e na final foi a grande decepção durante os pênaltis.

Primeiro Rodrigo defendeu a cobrança de Antônio logo na abertura da série para o Bahia e aí parecia que o roteiro da semifinal iria se repetir. Porém, Moab da Portuguesa isolou sua cobrança logo na penalidade seguinte.

Penal título Juvenil
Pênalti de Josenilson dá título ao Bahia

Após isso todo mundo converteu até chegar em Lucinaldo (conhecido como Separô), que em uma péssima batida praticamente recuou a bola para o goleiro João Maria. Ficou nos pés de Josenilson o pênalti do título que foi convertido com requintes de emoção, pois Rodrigo ainda tocou na bola antes dela entrar.

 CATEGORIA TITULAR – 08/07 (SAB), ANT. CONSELHEIRO – FINAL

FLAMENGO (6) 1 x 1 (7) PALMEIRAS

Gols: PAL – Jailson ‘Feminha’ / FLA – Diógenes.

OH0H3992
Palmeiras x Flamengo duelam no Conselheiro

Um dos jogos mais comentados dos últimos dias e que prometia muitas emoções fez jus a toda especulação. Flamengo e Palmeiras fizeram uma grande partida e chegavam para o confronto invictos e com grandes nomes em seus elencos.

Quem começou ligado no 220 foi o Palmeiras, logo aos sete minutos do primeiro tempo uma bola dividida próxima ao goleiro rubro negro Mirandir sobrou para que Jailson ‘Feminha’, quase sem ângulo, abrisse o marcador.

Após isso, o Palmeiras começou a administrar o jogo aproveitando os contra-ataques. No lado do Flamengo quem propunha o jogo eram os craques Diógenes, Reginaldo Coutinho e Orlando. Mas o primeiro tempo terminou no 1 a 0 mesmo.

OH0H3882
Palmeiras x Flamengo duelam no Conselheiro

Na segunda etapa, ficou mais claro que o técnico do Flamengo era quem menos estava entrosado no jogo, as alterações propostas e as mudanças de posição não deixaram o clube com mais vantagem ofensiva, só mais marcado pelo Palmeiras.

Mesmo assim, na reta final do jogo Diógenes em desvio de cabeça após uma cobrança de escanteio empatou a partida e levou tudo para os pênaltis. No lance do gol discutiu-se se o goleiro Valmir haveria contribuído com o lance ao não sair do gol para dividir a bola, mas o resultado foi que Diógenes assumiu a artilharia do campeonato com três gols e o Palmeiras sofreu seu primeiro gol na competição.

OH0H4380
Diógenes artilheiro da competição

DE QUESTIONADO À HEROI

OH0H4113
Valmir herói do bi palmeirense

As penalidades foram mais eletrizantes que o próprio jogo. Nas cobranças normais todas foram convertidas.

O detalhe da decisão foram as cobranças alternadas. Os dois times tiveram em seus pés a chance de serem campeões e graças a Valmir o Palmeiras riu por último.

Orlando cobrou sua penalidade e Valmir fez sua primeira defesa, na hora de Thiago Neri dar o título ao Palmeiras ele jogou a bola para fora. Na cobrança seguinte, Ivanildo bateu forte, mas Valmir brilhou de novo e fez sua segunda defesa, em contrapartida Osmanir ‘Bembem’ bateu à meia altura onde Mirandir defendeu e manteve as esperanças flamenguistas vivas.

Pela catimba de Diógenes perturbando os cobradores palmeirenses, acabou sendo expulso e não cobrou nenhum penal. Clesiano do Flamengo cobrou no lado esquerdo e Valmir como um gato defendeu sua terceira penalidade espantando os fantasmas do gol no tempo normal. A responsabilidade de colocar o troféu na galeria ficou com Loelson que em batida forte deu o bicampeonato do interior ao Verdão.

Na Tabua a festa foi até o dia amanhecer. Veja nossa galeria de imagens da decisão:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Nós do Contador parabenizamos aos campeões pelos títulos. Até qualquer hora!

Anúncios