COM PÊNALTI DADO PELO ASSISTENTE, SÃO PAULO BATE VASCO E SE CLASSIFICA PARA AS SEMIFINAIS

Jogo nervoso entre São Paulo e Vasco só foi decidido com um pênalti assinalado pelo assistente, no juvenil Vasco se garante com um maiúsculo 2 a 0.

POR AILTON RODRIGUES
ANT. CONSELHEIRO, S.M. DO GOSTOSO/RN

O grupo A chegou ao seu fim neste último domingo (07) com o duelo emocionante entre São Paulo e Vasco no Antônio Conselheiro.

A missão para cada clube era bem simples: bastava vencer! O empate em 0 a 0 dava a classificação para Portuguesa e o 1 a 1 deixaria a decisão para o critério dos cartões amarelos.

Pelo juvenil, a partida foi mais quente com direito a duas expulsões. O Vasco aproveitou as chances e carimbou seu passaporte para as semi vencendo com autoridade.

CATEGORIA JUVENIL – GRUPO A – ANT. CONSELHEIRO

SÃO PAULO 0 x 2 VASCO

Gols: Wanderson, Luiz Eduardo.

A categoria juvenil foi tensa, mas bem jogada. A vitória simples dava a classificação para quem vencesse, sendo que a vantagem do empate era vascaína.

Com o passar do tempo, o São Paulo não conseguia bater para o gol e perfurar a defesa montada pelo Vasco. O desespero do tricolor conselheirense foi seu pecado mortal, no intuito de marcar em cima acabou deixando sua defesa exposta.

Em cobrança de escanteio, Wanderson subiu sem marcação nenhuma e testou firme para abrir o marcador. O segundo gol nasceu de um contra-ataque fatal onde Fernando lançou Luiz Eduardo que de frente com o goleiro Tibiro bateu firme. 2 a 0.

Antes disso, uma confusão entre jogadores dos times fez com que Dionísio do São Paulo e Jailson do Vasco fossem para o chuveiro mais cedo.

WhatsApp Image 2017-05-07 at 9.32.49 PM

No final o Vasco se juntou com a Portuguesa e avançaram.

CATEGORIA TITULAR – GRUPO A – ANT. CONSELHEIRO

SÃO PAULO 1 x 0 VASCO

Gols: Danilson.

Um jogo que pelas circunstâncias já seria pegado e cheio de chances, foi de fato muito emocionante. Vasco e São Paulo protagonizaram um duelo cheio de catimba, bons ataques e participação decisiva da arbitragem.

WhatsApp Image 2017-05-07 at 9.32.54 PM

Thiago do São Paulo já havia perdido duas chances, mas o jogo foi decidido depois que a bola bateu na mão do zagueiro Eduardo do Vasco. Todos os jogadores do tricolor reclamaram, mas o árbitro não ia marcar o pênalti, até que ele foi chamado pelo assistente que deu a penalidade. Danilson, que não tinha nada a ver com isso, converteu a penalidade e colocou o time na semifinal.

O Vasco ainda fez um bom segundo tempo, mas não conseguiu empatar a partida.

O Contador segue de olho na Copa do Interior 2017. Até qualquer hora!

Anúncios