GRADUAÇÃO – Divulgado edital com vagas referentes ao SISU 2017.2

 

Resultado de imagem para sisu

São 377 vagas distribuídas em seis campi

Teve início hoje o processo seletivo para cursos superiores em de graduação, através do SiSU, para ingresso no semestre 2017.2. No IFRN, são oferecidas 377 vagas, divididas em nove cursos. Os campi para os quais as vagas estão sendo ofertadas são Mossoró, Santa Cruz, Nova Cruz, São Gonçalo do Amarante, Natal-Central e Natal-Zona Norte.

Os interessados têm até as 23h59 do dia 1 de junho para realizar inscrição. Vale lembrar que só é possível se inscrever pelo site do SiSU. Confira todos os detalhes no Edital 28/2017 – SiSU 2017.2.

Edital 28/2017 – SiSU 2017.2

 

PROEN – Inscrições para cursos de especialização a distância são prorrogadas

download

 

Interessados têm até as 18h do próximo domingo, 4, para se inscrever

Atendendo solicitação da Diretoria do campus EaD, datas dos Editais 24 e 25/2017-PROEN/IFRN, referentes ao processo seletivo para Cursos Superiores de Pós-Graduação Lato Sensu em nível de Especialização, com ingresso no segundo semestre letivo de 2017, foram alteradas. Antes da retificação publicada nesta quarta-feira, 30, as inscrições para o certame teriam encerrado às 22h do dia 29 de maio. Agora, aqueles que demonstrarem interesse pelo processo seletivo ganham mais alguns dias, podendo realizar sua inscrição até as 18h deste domingo, 4 de junho.

Outras datas descritas nos editais também sofreram alteração a partir da retificação. Confira a seguir um resumo do novo cronograma do processo seletivo:

– Resultado Preliminar da Homologação – 14 de junho de 2017
– Resultado Preliminar da Análise de Currículos – 10 de julho de 2017
– Argumento de Classificação – 25 de julho de 2017
– Resultado Final – 03 de agosto de 2017

 É importante lembrar que as inscrições são realizadas exclusivamente pela internet, através do site de processos seletivos do IFRN.

Edital 24/2017 – PROEN/IFRN

Edital 25/2017 – PROEN/IFRN

Fonte: IFRN

O BULLYNG NU E CRU NA SÉRIE OS 13 PORQUÊS

Bullyng, assédio, solidão, estupro, suicídio são temáticas retratadas na série produzida pela Netflix para mostrar um pouco do mundo dos adolescentes.

Por Auxiliadora Ribeiro e Leidiane Barboza – São Miguel do Gostoso/RN      

Com os amigos passamos alguns dos melhores momentos da nossa vida, ou melhor, muitos momentos. A série Os 13 porquês (13 Reasons Why) entrou em nossas vidas numa tarde comum. Duas amigas, domingo, nada para fazer, a praia não era uma opção. Leidiane Barboza – a jovem das séries – resolveu então assistir, e eu, que também estou aprendendo a ser uma amante do cinema resolvi entrar no jogo. E assim começamos a ver juntas uma série, que não é qualquer série. Os 13 porquês vêm dando o que falar, e não é exagero, pois suas temáticas pesadas dá margem para várias discussões.

p13762579_b_v8_aaBaseada no best-seller de Jay Asher, a série original Netflix 13 Reasons Why tem com principal tema  o BULLYNG, relatado através da história de Hannah Baker. O Bullying é a prática de atos violentos, intencionais e repetidos, contra uma pessoa indefesa, que podem causar danos físicos e psicológicos às vítimas.

O termo surgiu a partir do inglês bully​, palavra que significa tirano, brigão ou valentão, na tradução para o português. No Brasil, o bullying é traduzido como o ato de bulirtocarbatersocarzombar, tripudiar, ridicularizar, colocar apelidos humilhantes e etc. Essas são as práticas mais comuns do ato de praticar bullying. A violência é praticada por um ou mais indivíduos, com o objetivo de intimidar, humilhar ou agredir fisicamente a vítima.

Hannah é uma adolescente que começa sua trágica trajetória de sucessivas agressões no ambiente escolar, ao ter uma foto embaraçosa divulgada em meio virtual. Desde então, passou a ser julgada como a vadia, a fácil, abrindo espaço para o assédio, e fazendo da sua vida uma imensa solidão, por meio do afastamento dos “amigos”, da falta de atenção dos gestores da escola e até dos seus pais por não compreenderem seus sinais. O mais impressionante dessa série é que os produtores não tiveram medo de relatar a gravidade do problema de uma forma tão chocante. Eles não suavizaram. Mostraram o bullyng nu e cru.

20170316203357621451a

O bullyng virtual pelo qual essa adolescente passou é muito sério, uma vez que esse tipo de bullyng não se restringe apenas a um ambiente. Ele não tem fim. Você é atacado por várias pessoas que muitas vezes não é possível identificar pois ocorre em meios eletrônicos, com  mensagens difamatórias ou ameaçadoras circulando por e-mails, sites, blogs (os diários virtuais), redes sociais e celulares.

Cansada de tudo, Hannah resolve tirar sua própria vida. Contudo, para a surpresa de todos ela deixou gravado os motivos dessa decisão. 7 fitas, contando os 13 porquês que a fizeram desistir da vida. A história é contada em dois tempos (futuro e passado) e acompanha a trajetória de Clay Jensen – colega de classe e de trabalho e paixão secreta – de Hannah Baker.

A série gerou e vem gerando bastante repercussão, dividindo opiniões e com interpretações, de certa forma equivocadas, pois a mensagem que a obra quer transmitir, não é de que problemas serão solucionados com o suicídio, mas sim, mostrar as consequências de atos inconsequentes de desrespeito, preconceito, julgamentos para com o outro, e através disso, alertar as pessoas, seja adolescentes, jovens, adultos para a gravidade do problema.  Não é só isso. A mensagem também é de que a vida continua, e que existem outras maneiras de se enfrentar os problemas. O personagem Clay diz ao final do último episódio que de alguma forma precisamos mudar o jeito como tratamos as pessoas.

A série é super bem produzida, comovente, e instigante. Vale a pena assistir. E o melhor de tudo é que não é  uma série destinada apenas a um público, ou ao mero entretenimento, mas uma série para a vida.

E uma dica: ao final da série há um documentário (13 Reasons Why: Tentando entender os porquês) com elenco, equipe de produção, e profissionais da área da saúde discutindo as cenas que abordam questões difíceis como bullyng, depressão e abuso sexual.

Fontes utilizadas:

https://novaescola.org.br/conteudo/1424/20-o-que-e-bullying-virtual-ou-cyberbullying

https://www.significados.com.br/bullying/

http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/viver/2017/03/16/internas_viver,694416/conheca-os-13-porques-nova-serie-da-netflix.shtml

https://filmow.com/os-13-porques-1a-temporada-t195139/

AGENTES PÚBLICOS TÊM ATÉ AMANHÃ PARA DECLARAR BENS JUNTO AO TCE/RN

Os agentes públicos do RN têm até essa quarta-feira (31/05) para realizar sua declaração de bens junto ao TCE/RN

POR RICARDO ANDRÉ
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

O Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) recebe até a próxima quarta-feira (31) as declarações de bens e rendimentos, relativas ao ano de 2016, de detentores de cargos eletivos, como o governador, prefeitos, deputados e vereadores, além de secretários de estado e municípios, magistrados, membros do Ministério Público e ocupantes de cargos de direção em autarquias, fundações e empresas públicas.

logo-sispatri_700px

O TCE-RN importou o Sistema de Registro de Bens dos Agentes Públicos (SISPATRI) da Controladoria Municipal de São Paulo adaptando-o o sistema às necessidades locais. Além de ser de fácil operação ainda permite a importação da sua última declaração de imposto de renda, o que facilita muito o preenchimento dos dados solicitados telo TCE-RN.

As declarações não podem ser entregues por meio físico. Devem ser enviadas obrigatoriamente de forma virtual, através do link: http://sispatri.tce.rn.gov.br. As dúvidas acerca do processo podem ser sanadas no manual do sistema, através do link: http://sispatri.tce.rn.gov.br/PaginasPublicas/manual_sispatri.pdf.

Fonte: TCE/RN

TEC E FLAMENGO PROTAGONIZAM GRANDE JOGO, MAS JACARÉ CAI NOS PÊNALTIS PELA 3ª VEZ SEGUIDA

Pelo juvenil, Bahia perdeu pênalti, mas mesmo assim bateu o Vasco por 1 a 0. No duelo dos artilheiros pelo titular, Magnilson se saiu melhor nos fundamentos, mas Flamengo se superou nos penais.

POR AILTON RODRIGUES

ANT. CONSELHEIRO, S.M. DO GOSTOSO/RN

Flamengo e TEC fazem bom jogo

As semifinais da Copa do Interior começaram neste domingo (28) no distrito do Antônio Conselheiro com boas partidas na categoria juvenil e titular.

Esses jogos começaram com um dilema causado pelo fato da remarcação da partida da semifinal 1 que acontecerá no próximo domingo (04) no distrito do Arizona e que foi explicado aqui no Contador.

Apenas o TEC reclamou, alegando que a remarcação privilegiaria o Palmeiras e acusou a organização de manipulação, a comissão da Copa do Interior declarou que as justificativas para alteração da data foram divulgadas e que não há a menor possibilidade de favorecimento, uma vez que, quem entra em campo são os jogadores e não a comissão.

Veja o resumão do Contador:

JUVENIL – SEMIFINAL – ANT. CONSELHEIRO

VASCO 0 x 1 BAHIA

Gols: Josenilson.

Uma partida divertida e bem jogada, assim podemos definir o duelo entre Vasco e Bahia pela categoria juvenil. O clube do Novo Horizonte chegou às semifinais depois de quase ser eliminado pelo São Caetano no último jogo, já o Vasco vinha com moral de ter feito a melhor campanha do grupo A.

Mas nada desses fatores entraram em campo, o que valeu mesmo foi a grande posse de bola que o Bahia fez desde o começo do jogo. O Vasco até gostou do primeiro tempo onde Zezo foi o líder e chamou o jogo para ele, mas Josenilson fez questão de dar um banho de água fria quando chutou da entrada da área e marcou o único gol do jogo.

Poderia ter sido mais, mas Iure defendeu o pênalti que Alisson bateu. Na segunda etapa, o Bahia continuou trabalhando com inteligência e controlou a partida na base dos contra-ataques. O Vasco cansou e acabou dando adeus a competição.

TITULAR – SEMIFINAL – ANT. CONSELHEIRO

FLAMENGO (4) 1 x 1 (3) BAHIA

Gols: FLA – Diógenes / TEC – Giliarde.

Um jogo muito disputado este Flamengo e TEC, o jacaré apesar da bronca com a remarcação da data do jogo do Palmeiras, aparentou estar concentrado e assim fez uma boa exibição. Enquanto isso, o Flamengo trouxe sua força máxima com Reginaldo Coutinho, Uêgo, Orlando e Diógenes na parte ofensiva.

O começo da partida foi com um Flamengo forçando pressão e marcando em cima, logo criou umas duas chances, mas o gol saiu de uma jogada individual de Diógenes que correu da lateral direita e costurou a zaga do TEC marcando um golaço. O detalhe é que mais tarde ele sairia de campo sentindo uma fisgada na virilha que provavelmente o tirará da decisão do dia 10.

Diógenes sente contusão e sai da partida

O TEC cresceu no segundo tempo e na base das jogadas aéreas ou trabalhadas ameaçou o gol por algumas vezes. O gol do empate saiu de uma triangulação entre Magnilson, Humberto e Giliarde, que penetrou na área e fuzilou indefensável para Mirandir.

Após isso o jogo amornou, ainda deu tempo para o Flamengo estrear Mateus Neri que fez boas jogadas, mas sofreu com a marcação de Paulo Cesar e Rafael. Não tinha jeito, a decisão foi para os pênaltis.

Nos penais, apenas Orlando errou pelo Flamengo, enquanto pelo lado do TEC Humberto e Miguel bateram para fora e fizeram o jacaré reconhecer sua terceira eliminação seguida em fases semifinais nos pênaltis.

Próximo domingo (04) nos encontramos na Arizona. Nós continuamos de olho!

O CONTADOR EXPLICA: ESCOLAS DE ALGUNS DISTRITOS GOSTOSENSES REALMENTE SERÃO FECHADAS?

Assunto roubou a cena na câmara dos vereadores e acabou sendo um dos mais debatidos, o Contador explica como tudo começou.

RICARDO ANDRÉ E AILTON RODRIGUES
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

fotopg9abrecolorgg
Imagem: Ilustração.

Nesta última segunda-feira (22) a possibilidade de se fechar algumas escolas na área rural de São Miguel do Gostoso causou grande repercussão na sessão da câmara dos vereadores.

Uma série de perguntas então tomou conta da cabeça da população destas comunidades: afinal de contas, porque fechar escolas da área rural?  E estas escolas serão realmente fechadas?

O Contador então resolveu esmiuçar esta história para você entender como tudo isso aconteceu, confira:

TUDO FOI DIVULGADO NA CÂMARA

Câmara 1505
Vereadores em Sessão.

Ao longo do início do mês de maio os debates sobre o fechamento das escolas já rodava a Secretaria e o Conselho Municipal de Educação, mas tudo só foi confirmado depois que a vereadora Clézia Cardoso (PSD), defensora da proposta, declarou na sessão da câmara do dia 15/05 que uma proposta de fechamento das unidades escolares de sete distritos havia sido encaminhada para promotoria de Touros e que se aguardava a resposta do promotor.

COMEÇARAM A ARTICULAÇÃO E AS RECLAMAÇÕES

Na última semana a Secretaria de Educação então havia intensificado visitas a estas comunidades a fim de articular a estratégia do fechamento. O Presidente do Conselho Municipal de Educação, Marcelo Gustavo, trancou a pauta da ultima reunião ocorrida em 17/05 e não permitiu o debate do tema.

O assunto logo caiu na boca da população das comunidades que teriam suas unidades fechadas (Frejó, Baixio, Umburana, Mundo Novo, Cruzamento, Angico Velho e Morro dos Paulos) e isso gerou muita reclamação que culminou com o debate na sessão desta última segunda-feira no dia 22/05.

O CONSELHO MUNICIPAL SE MANIFESTA

Na terça-feira (23) após a sessão, membros do Conselho Municipal de Educação solicitaram através de oficio a dita proposta encaminhada a promotoria, mas o secretário de educação, Nivaldo Batista, declarou que não havia sido protocolada ainda uma proposta ao Ministério Público, mas solicitada apenas uma audiência.

Em contato com a Promotoria de Touros, a secretaria da mesma confirmou a informação e acrescentou que o promotor substituto não pretende se manifestar sobre o assunto por não conhecer a realidade do município.

PORQUE A PROMOTORIA TEM QUE SE ENVOLVER NISSO?

A Lei 12.960/2014 prevê que o fechamento de uma escola do campo deve ser e antecedido da “análise do diagnóstico do impacto da ação e a manifestação da comunidade escolar”.

Exatamente aí que a promotoria entrava, ela poderia dar o aval para que as escolas pudessem ser fechadas, caso este diagnóstico tivesse sido encaminhado até ela.

MAS PORQUE SE FALOU EM FECHAR?

A primeira justificativa dada era que o número de alunos por professor é baixo e isso dificultava cada vez mais o pagamento dos funcionários, depois o argumento das dicotomias entre o número de alunos e professores foram citados.

Porém, hoje não se sabe qual o gasto com pessoal, nem quantos servidores são realmente necessários para fazer a educação funcionar, tão pouco se sabe de quanto será a economia com o provável fechamento das pequenas escolas rurais.

AS RESPOSTAS DO SECRETÁRIO

Procuramos o senhor Nivaldo Batista para falar sobre o caso e ele declarou que não haverá fechamento de nenhuma escola, mas um ajuste nas unidades que tem poucos alunos e muitos professores (*).

“Não vamos fechar escola nenhuma. A escola é da comunidade e não podemos fechar”, disse o secretário.

Além disso, Nivaldo defendeu que era necessária uma nucleação para que as escolas funcionassem de forma melhor, já que com isso o problema das salas com turmas multisseriadas (**) seria sanado e que hoje há esse problema em algumas escolas.

A proposta da nucleação também foi defendida pela vereadora Clézia Cardoso, procuramos contatá-la para falar sobre isso, mas não conseguimos retorno.

O Contador continua de olho em tudo que agita São Miguel do Gostoso, até qualquer hora!

 

* Para ilustrar, o Contador teve acesso a um balanço da relação de número de alunos por professor em 2010 e a média batia em torno de 15 alunos por professor. Hoje, não sabemos se esta média ainda condiz com a realidade atual.

** Salas multisseriadas são aquelas em que funcionam duas ou mais séries dentro da mesma sala e com o mesmo professor. A prática desta organização prejudica o desenvolvimento dos alunos e o planejamento do professor, mas é adotada por muitos municípios para ajudar a equilibrar a média de alunos por professor.

PREFEITURA DIVULGA CALENDÁRIO DE ARRAIAIS E EVENTOS JUNINOS

Por meio do Facebook, Secretária de Turismo e Comunicação, Janielle Linhares, anunciou atrações que começam com o Arraiá da Prefeitura e termina com a emancipação da cidade.

POR AILTON RODRIGUES
NATAL/RN

festajunina-facebook_2238526

A Secretária de Turismo e Comunicação, Janielle Linhares, anunciou por meio das redes sociais nesta última quarta-feira (24) o calendário de eventos que acontecerão entre os meses de junho e julho em São Miguel do Gostoso e dentre eles os mais esperados foram os arraiais.

Cinco grandes arraiais foram confirmados pela programação, além disso outros eventos foram lembrados na agenda que ainda conta com os dias oficiais da programação de emancipação política que será de 10 a 16 de julho.

OS ARRAIAIS

Veja as datas dos arraiais programados no mês de junho na cidade:

  • 22/06 (quinta-feira), Praia da Xêpa.
    • Arraiá da Prefeitura.
  • 23/06 (sexta-feira), Avenida dos Arrecifes.
    • Arraiá Pé de Ferro.
  • 24/06 (sábado), Rua Lírios do Mar e Rua Estrelas do Mar.
    • Arraiá Lírio das Estrelas.
  • 28/06 (quarta-feira), Rua dos Dourados.
    • Arraiá dos Dourados.
  • 01/07 (sábado) – Arraiá Beneficente de Dumont.

EVENTOS “EXTRA”

Entre os eventos que compuseram o calendário, há uma predominância do beach tênis, veja:

  • 05/06 (segunda-feira) – Dia “D” em defesa do Dia Mundial do Meio Ambiente.
  • 17/06 (sábado) – Marcha Para Jesus.
  • 29/06 (quinta-feira) – Festa de São Pedro na Praia do Maceió.
  • 30/06 a 02/07 – Etapa Internacional de Beach Tênis.
  • 14 a 16/07 – Etapa Mormai de Beach Tênis

Dentro do calendário não foram divulgadas as atrações, nós estaremos atualizando essa matéria quando elas forem sendo confirmadas.

Até qualquer hora!