VASCO ARRANCA EMPATE NA CASA DA PORTUGUESA E PERMANECE NO G-2, AMBOS DECIDEM SUA VIDA FORA

Portuguesa saiu na frente e em uma falha de marcação Vasco arrancou um empate importantíssimo. Pelo juvenil as coisas já estão mais encaminhadas.

POR AILTON RODRIGUES
ANT. CONSELHEIRO, S.M. DO GOSTOSO/RN

Foi um duelo importante para as pretensões de Portuguesa e Vasco na Copa do Interior. Nesse último domingo (23) o empate em 1 a 1 no Antônio Conselheiro deixou as coisas muito emboladas no grupo A pela categoria titular.

No juvenil outro empate pelo mesmo placar eliminou as possibilidades matemáticas de classificação do Flamengo e classificou a Portuguesa. Veja como foram as partidas:

CATEGORIA JUVENIL, 2ª RODADA, GRUPO A – ANT. CONSELHEIRO

PORTUGUESA 1 x 1 VASCO

Gols: Luiz Eduardo (VAS), Amilton (POR)

Um jogo bem maçante no começo, mas que teve uma reta final de primeiro tempo muito elétrica.

Luiz Eduardo em jogada individual driblou três marcadores e fuzilou de pé direito marcando um golaço para o Vasco, cinco minutos depois um chute de Wellington foi defendido pelo goleiro Rodrigo, mas o rebote não foi desperdiçado por Amilton que empatou a partida.

A segunda etapa ainda teve boas chances, mas o empate agradou bem mais a Portuguesa que está classificada. Por outro lado, o Vasco está a um empate contra o São Paulo para se garantir nas semifinais.

WhatsApp Image 2017-04-23 at 9.30.59 PM

CATEGORIA TITULAR, 2ª RODADA, GRUPO A – ANT. CONSELHEIRO

PORTUGUESA 1 x 1 VASCO

Gols: Rodrigo (POR), Jailson (VAS)

A Portuguesa queria sair de casa com a missão de dever cumprido e ir tranquila enfrentar o Flamengo quase classificado na última rodada. De fato, teve o time mais rápido e com mais posse de bola o tempo inteiro, mas em um único pecado na marcação deixou os três pontos escorrer pelas mãos.

O gol da lusa nasceu em um escanteio onde a cabeçada de Rodrigo estufou a rede bem próxima a trave, mas após isso a bola ainda cruzou toda a extensão até a outra trave, surgindo então a dúvida se ela havia ou não entrado. O árbitro demorou alguns segundos e validou o gol.

WhatsApp Image 2017-04-23 at 9.31.11 PM(1)

A partir disso o Vasco apostou no jogo de paciência, que só foi recompensado aos 23 minutos do segundo tempo. Uma falha na marcação da Portuguesa fez com que o lançamento preciso para Jailson o deixasse na cara do gol para bater na saída do goleiro Jefferson. 1 a 1 com ar de vitória para o visitante e derrota para o mandante.

O panorama é que a Portuguesa enfrentará o Flamengo tendo que vencer, já o Vasco visita o São Paulo podendo até empatar caso a Portuguesa perca. É muita matemática envolvida, mas todos desse grupo devem buscar a vitória.

Nós continuamos de olho na Copa do Interior. Até qualquer hora!

Anúncios