PLACAR DA PREVIDÊNCIA: FIQUE DE OLHO NO SEU DEPUTADO

Após pesquisa divulgação de intensão de voto dos deputados federais Temer estuda novo recuo sobre “PEC da Previdência”

RICARDO ANDRÉ
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

O jornal “O Estado de S. Paulo” fez levantamento com os 513 deputados. Eles foram questionados se votariam a favor da proposta da forma como foi enviada pelo governo ou se a rejeitavam. Também foi dada a opção de fazerem quatro ressalvas ao texto proposto pelo presidente Michel Temer: em relação à idade mínima de 65 anos para a aposentadoria de mulheres e homens, à regra de transição e à exigência de 49 anos de contribuição para ter direito ao benefício integral.

Infografico Previdencia
Para aprovar a PEC o governo percisaria de 308 votos. A pesquisa mostra que o governo tem pouco mais de 97 votos garantidos, e após os movimentos das ultimas semanas o número de deputados contra já pulou para 272.

Consulte aqui o infográfico sobre a inteção de votos dos deputados Federais: PLACAR DA PREVIDÊNCIA

De olho do seu deputado

Se porventura você caro leitor CONCORDA com as diversas reformas em curso, propostas pelo governo Temer, então as coisas vão muito bem politicamente para você. A ampla base aliada formada pelo atual governo (que agora dá sinais de cansaço) tem garantido vitórias fáceis na Câmara dos Deputados, os projetos do governo tem tido apoio máximo e questionamento mínimo por parte da maioria dos deputados.

Placar da Previdência
Dois deputados a favor (Fábio Faria e Felipe Maia), um não respondeu (Rodério Marinho) e 05 contra (Zenaide, Antônio Jacome, Beto Rosado, Rafael Motta e Walter Alves). Pressão popular e proximidade das eleições reverteu o quadro de 7×1 previsto para o RN.

 

Se você NÃO CONCORDA com as propostas do governo Temer, nem preciso dizer que a situação é critica. Provavelmente seu deputado não esta nem ai para sua opinião, se por acaso você é prefeito, vereador ou liderança, e esta no time contra a reforma da Previdência, com certeza a sua opinião não é nem um pouco levada a sério, MESMO!

A pouco mais de duas semana o projeto de lei que previa pós-graduação paga nas faculdades públicas não foi aprovada por uma diferença mínima de votos, o RN não ajudou, apenas uma deputada voltou contra (Zenaide Maia do PR), ou seja, 7×1. O mesmo placar fatídico nos esperaria em uma possível votoção imediata da reforma da Previdência, mas é claro, como você deve ter observado na foto acima que vários deputados já mudaram seu voto, devido a grande repercussão da matéria.

Moral da história, fique de olho no seu deputado, lembre-se que ele é seu representante e vota por você.

Anúncios