O CONTADOR VIU: POWER RANGERS

GO GO POWER RANGERS!

É meu amigo eu finalmente vi o novo filme dos Power Rangers. Confesso esse foi um filme que fiquei bastante curioso quando ele foi anunciado, fiquei feliz por poder ve-los novamente nas telas do cinema, porém quando vi as primeiras imagens dos trajes deles, bateu um forte desgosto esses caras com essas roupas não são os power rangers eles nem usam lycra. quanto mais as artes conceituais saiam mais decepcionado eu ficava, cara quando eu vi o design do alfa eu quase tive um infarto, claro isso porque eu acompanho os power rangers desde bem pequeno e assisto até hoje então fiquei bastante chocado com as modificações.

power-rangers-2017
Primeira imagem divulgada do traje dos heróis.

Quando vi os trailers as coisa mudaram, nas cenas estava muito mais fácil de aceitar tais trajes. Mas sou fã de power ranger e quanto mais se aproximava da estreia do filme mais hypado eu ficava. enfim vi o filme e gostei, e todo o meu preconceito com as armaduras se foi (porém agora que tem metal na armadura eles não soltam faísca #chateado).

Gostei principalmente dos personagens e dos seus dramas, da sua realidade tão próxima da realidade de um adolescente. Uma das diferenças das sagas da TV para esse longa é que  os nossos heróis  são jovens que possuem problemas e que estão na detenção, já nas Séries de TV eles nunca iriam pra detenção. O melhor personagem do filme é Billy (o ranger azul) que esta dentro do espectro de autismo. O Billy é o alivio cômico do filme e ele funciona muito bem o filme inteiro.

Falando do filme a primeira cena  é fantástica, é linda visualmente e uma boa introdução mostrando que nessa versão o Zordon era o ranger vermelho e Rita Repulsa ( vilã do filme) era a antiga ranger verde que se voltou contra os seus companheiros. O filme tem muitos diálogos para apresentar os personagem, mas não são diálogos chatos são importantes para que a história ande bem.

Os rangers só morfam uma vez no final do filme, mas lutam pouco na rua morfados a maior parte da luta é dentro dos Zords que pra mim foi o ponto que não gostei, primeiro não gostei muito do design dos zords, o zord do ranger preto é irreconhecível não parece com um mamute e o zord ainda tem três patas diateiras ,porque? mas a luta final é legal, mas gostaria de ver eles lutando mais tempo sem os zords.

Bom teve nostalgia sim, teve os elementos que temos nas séries de TV, nem todos, mas alguns (queria ver as faíscas ) e antes que eu me esqueça tocou Go Go Power ranger sim, 5 segundo mas tocou e o alfa fala “ai ai ai”. Fiquei feliz por ter assistido um filme dos power rangers no cinema e amigos não será o última a produtora responsável tem a intenção de lançar pelo menos 3 filmes dos power rangers.

Bom minha nota é 7/10 e o principal motivo é o desing dos zords principalmente por é confuso saber qual animal o zord representa.

Anúncios