CLÁSSICO TABUENSE É BEM JOGADO, MAS VERDÃO BATE JACARÉ

Em abertura do grupo B, Palmeiras bate TEC com gols precisos em momentos cruciais do jogo. Jacaré teve chances de empatar, mas perdeu as oportunidades.

POR AILTON RODRIGUES
TABUA, S.M. DO GOSTOSO/RN

PALxTEC - CopaInt (2)
Jogo foi truncado, mas bem jogado.

Foi um jogo quente apesar do clima frio e nublado na Tabua, nesse último sábado (01) Palmeiras e TEC fizeram o jogo mais equilibrado da competição até aqui, mas o resultado foi melhor para os mandantes que venceram nas das categorias.

Pela categoria juvenil o TEC foi atropelado. O resultado de 5 a 1 foi mais do que inesperado, o goleiro Denildo do TEC cometeu erros cruciais em quatro dos cinco gols. Os destaques da partida foram: Raul do palmeiras que marcou duas vezes, inclusive abriu o marcador com apenas 1 minuto de jogo. Além disso, Joelson ‘Fifio’ do verdão que acertou um belíssimo chute por cobertura e fez um golaço.

No lado do TEC destaca-se também Leonardo que marcou o gol de honra, além, é claro, da terrível atuação do goleiro que não estava em um bom dia.

A categoria titular foi bem mais emocionante, um jogo bem truncado no começo, mas bem jogado no fim o Palmeiras venceu por 2 a 0. O TEC começou querendo se impor, o Palmeiras equilibrou a partida. Logo aos 22 minutos da primeira etapa, Fernandinho tentou cruzar para grande área, mas errou o chute e acabou mandando direto pro gol e abriu o marcador.

PALxTEC - CopaInt (3)
Valmir fez boas defesas.

Depois disso, em bola aérea o Palmeiras começou um bombardeio dentro da área do TEC, no primeiro lance a bola acertou o travessão e na sequência Naldivan empurrou para o fundo das redes.

PALxTEC - CopaInt (1)
Clima nublado não apagou clima do jogo.

No segundo tempo, o TEC veio para cima e teve chances, em uma delas Magnilson bateu uma falta precisa, mas acabou parando nas mãos de Valmir, que ainda deu rebote e Giliard livre cabeceou novamente nas mãos de Valmir.

Veja uma das tentativas do TEC:

O Palmeiras equilibrou a partida e na tática dos contra-ataques forneceu muito perigo. Veja um dos lances:

As alterações do TEC não surtiram efeito e com isso o jogo permaneceu assim. O detalhe negativo foram as ditas torcidas e alguns dirigentes. Muito barulho e a criação de um clima de tensão absurdo. Não engrandeceu em nada a partida, apenas encheu o saco.

O Contador continua de olho na Copa do Interior 2017. Até lá!

Anúncios

Uma opinião sobre “CLÁSSICO TABUENSE É BEM JOGADO, MAS VERDÃO BATE JACARÉ”

Os comentários estão desativados.