KARATÊ GOSTOSENSE MOSTRA SUA FORÇA E CONQUISTA 7 MEDALHAS EM ETAPA DO BRASILEIRÃO

Gostoso marca presença na primeira etapa do Campeonato Brasileiro de Karatê, e conquista 7 medalhas.

RICARDO ANDRÉ
CARUARU/PE

DSC_1207
Delegação de São Miguel do Gostoso

A primeira etapa do Campeonato Brasileiro de Karatê aconteceu na “Capital do Forró”, Caruaru/PE que durante quatro dias foi a “Capital do Karatê”, e o cenário foi o Ginásio Poliesportivo Moringão.  O evento começou na última quinta (23) e foi até domingo (26) reunindo 21 estados da federação e 874 atletas;  a maior delegação foi a da Bahia, com 275 atletas, superando o anfitrião Pernambuco que trouxe apenas 149, a Federação do Rio Grande do Norte (FNK) inscreveu 64 atletas, sendo que 11 foram de São Miguel do Gostoso.

O Contador de Causos estava lá e acompanhou todos os momentos dessa grande competição. Inclusive com uma cobertura exclusiva de transmissão das lutas por meio da nossa página no Facebook que você pode conferir clicando aqui.

Quinta (23), dia dos ajustes

Aquecendo os motores já era possível ver as delegações treinando nos kotos, que segundo o comentário dos atletas estava deslizando. Foi o dia de ajustes das inscrições dos atletas e o primeiro dia de pesagem, que para alguns deles foi o momento de maior tensão. Foram autorizadas duas pesagens oficiais antes da competição, se o atleta não ficasse dentro do peso de sua modalidade estava fora do evento.

DSC_0151
Últimos ajustes antes da competição

No primeiro dia também ocorreu o treinamento de técnicos, a prova dos árbitros e o congresso técnico para os últimos ajustes e esclarecimentos com relação a regras de pontuação. A secretária da Confederação Brasileira de Karatê (CBK), declarou que a CBK estava sendo maleável com relação a ajustes nas inscrições por ser o primeiro evento do ano, mas que estariam sendo mais rígidos nas próximas competições.

Sexta (24), dia de seletivas

Uma das coisas que mais chama a atenção de quem chega pela primeira vez em um evento desses é a modalidade de kata em equipes, essas equipes executam um kata especifico com três atletas ao mesmo tempo no koto, exigindo uma grande sincronia e precisão por parte dos atletas. Rende também umas piadas como: “São trigêmeos! Só pode.”

Mas vamos ao que interessa. Nas seletivas o que vale é uma vaga para seleção brasileira. Por isso foi com certeza o dia de maior tensão dos atletas e técnicos, pois só a primeira colocação interessava. As modalidades de kumite (luta) feminino tiveram destaque com a mulherada mostrando que não estavam de brincadeira, tirando comentários do público do tipo: “essas meninas vão se matar!”.

DSC_0142

Para Gostoso, os melhores resultados foram os de Larissa Rodrigues e Lucas Ribeiro, com a segunda colocação em suas categorias, ou seja, no banco de reservas da seleção brasileira.

Sábado (25), “Hajime!”

Dia mais movimentado do evento, com todos os nossos atletas entrando no koto (tatame). Não faltaram gritos emocionados nas arquibancadas de “Aka!” e “Ao!” as cores determinantes dos atletas, além de “técnicos de torcida” enfurecidos acompanhando cada detalhe de suas delegações, contrastando com a disciplina apresentada dentro do tatame pelos atletas.

Com casa cheia no “Maringão” a abertura oficial foi marcada pelo discurso emocionado do presidente da Federação de Pernambuco e da prefeita de Caruaru/PE, anfitriões do evento, e foi anunciado pelo presidente da CBK a abertura do ciclo olímpico para as olímpiadas de 2020 que acontecem em Tókio, no Japão.

DSC_1196
Delegação do RN juntamente com a Prefeita de Caruaru/PE (em baixo)

As meninas novamente estavam selvagens sendo as campeãs do atendimento médico. Uma atleta mineira foi atingida por um golpe certeiro no joelho que deslocou a rótula e tirou a atleta da competição. Já com os meninos narizes sangrando ficou por conta das categorias acima de 75Kg. O atleta Lucas Ribeiro, natalense que treina com a equipe da AGOKS, fraturou o pulso, e deu por encerrada sua participação no campeonato.

DSC_1152
Reunião com os atletas antes do inicio do campeonato brasileiro

O resto do dia foi de exibições e combates duríssimos, muitas surpresas, gritos, choro e emoção de atletas, famílias e técnicos.

DSC_1390
Aquela orientação antes de entrar no koto.

O dia terminou com 06 medalhas no kumite (luta). O sensei Cristiano Nunes na categoria Master “B” 36/39 anos + 75Kg levando o bronze, após uma luta dura com um gigante baiano; Pedro Silva na categoria Cadete 14/15 anos – 52Kg, foi um dos destaque da competição levando ouro após quatro lutas fantásticas, Mel França da categoria Sub 12 10/11 anos – 40Kg também levou o Ouro, juntamente com Sávio Mariano da categoria Sênior +18 anos – 60Kg; a jovem Valeska Rodrigues da categoria Sub 14 12/13 anos ficou com a prata e Sara França da categoria Sub 14 12/13 anos – 50Kg garantiu um bronze; Abson Mateus não medalhou. Todos os atletas que medalharam foram classificados para a etapa final que acontece em outubro em Salvador/BA.

DSC_1309
Presidente da FNK Evilásio Joca (dir.) e vice-presidente da FNK, Cristiano Nunes (esq.) prontos para o combate.

Domingo (26), último episódio

A organização começou o evento sem grandes atrasos no ultimo dia de competição. Já com o ginásio habitado pelas equipes com atletas nas categorias sênior e kumite em equipe.

São Miguel do Gostoso ainda iria ganhar mais uma medalha com Larissa Rodrigues da categoria Sênior, que ficou com o bronze após um vitória espetacular, garantido um ippon (3 pontos) nos últimos segundos de combate. O atleta Wanderson Silva ficou nas semi-finais e não medalhou. Para finalizar o dia entrou no koto a Equipe Sênior Feminina que ficou com o Bronze.

Ufa! Foi dureza, sem Ariclenes Silva e Ailton Rodrigues. Nossos agradecimentos a todos os atletas e equipe da #FNK e #AGOKS, são todos campeões.

Anúncios