ASSOCIAÇÃO MAIS TRADICIONAL DE SÃO MIGUEL DO GOSTOSO ELEGE NOVO PRESIDENTE

A Associação Socio-Cultural e Desportiva Gostosense (ASCDEG) elege Raimundo Nonato como novo presidente para o próximo biênio.

RICARDO ANDRÉ
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

Nesse sábado (14), os sócios da ASCDEG se reuniram na Escola Coronel Zuza Torres para eleger sua nova diretoria executiva, eleição que correu tranquila e apresentou chapa única elegendo para presidente Raimundo Nonato Alves, o conhecido Raimundo Antena. Militante da área social e importante incentivador do esporte amador, Raimundo Antena tem a missão de dar novo gás a uma associações mais tradicionais de São Miguel do Gostoso.

Impossível desassociar a ASCDEG da sua fundadora Anna  Raboud, enfermeira suiça, uma das principais ativistas sociais do município e com forte atuação na área da saúde e da educação ambiental. As iniciativa de Anna Raboud foram fundamentais para o desenvolvimento da comunidade de Gostoso; da construção de fossas e banheiros, passando pela destinação do lixo e na educação através da arte, iniciativas essas que permitiram que a jovem cidade tomasse novos rumos, sendo um diferencial das outras cidades da região do Mato Grande. Criou o estilo Anna Raboud de fazer movimento social, sempre focado nas pessoas e em uma mudança de comportamento, com sua aposentadoria e sua presença em São Miguel do Gostoso hoje se resume a pouco mais de 1 mês por ano e é claro, sua falta é muito sentida.

10341454_674586219306935_6918953745047663435_n

Anna Raboud/ASCDEG foi responsavel pela formação música da maioria dos jovens de São Miguel do Gostoso, através de projetos de edução através da arte como o Grupo Manga Rosa e a Escola de Música de São Miguel do Gostoso, também fomentou a formação e organização do Grupo de Jovens Shalon de Antonio Conselheiro, além de impulsionar o as atividaes do time de futebol gostosense Parma A.C.

11329997_754509554647934_4827111992545375874_n

Hoje a ASCDEG atendende cerca de 100 crianças na sede no Assentamento Antônio Conselheiro, com o projeto da Escolinha de Futebol (Projeto Bola no chão, Livro na mão) e mais 15 crianças com reforço escolar nos anos iniciais do ensino fundamental. Dar novas proporções a esses projetos, retomar a escola de música e os multirões de limpeza e conscientização, e retomar o estilo “Anna Raboud” de fazer movimento social são algumas das missões do novo presidente.

 

Anúncios