FESTA DA TABUA TEM DATA INUSITADA, HOMENAGEM A CHAPECOENSE E MUITA ANIMAÇÃO

Em noite de Ramon Costa, princípios de confusão no finzinho do evento não mancharam animação do público presente.

POR AILTON RODRIGUES
TABUA, S.M. DO GOSTOSO/RN

img_20161204_060633749
Festa da Tabua só terminou com sol alto.

A festa da Tabua, distrito localizado a 12 quilômetros da sede, aconteceu neste último sábado (03) e só por este motivo ela já entraria para história, afinal jamais uma festa do distrito havia acontecido no mês de dezembro.

Não houveram imprevistos quanto a ocorrências policiais, mas o público surpreendeu contando com várias pessoas da própria sede e até de Monte Alegre, comunidade que esporadicamente já fazia festa no mesmo dia que a Tabua.

O Contador acompanhou a grande noite de celebração da comunidade, confira:

SEM BADALAÇÃO NA BARRACA

A barraca que antecede as atrações musicais foi um tanto desanimadora, o leilão foi iniciado com poucas pessoas nas mesas. Os preços variaram em um média de 50 reais e a mais cara custou 140.

A locução foi feita por José Cleiton, mais conhecido como “Véio” e só foi concluída por volta da meia noite e meia.

 #FORÇACHAPE

Antes do leilão das galinhas uma oração foi feita em homenagem as vítimas da terrível tragédia aérea que emocionou o país e matou 71 pessoas em Medellín, incluindo aí a delegação da Chapecoense.

Em um dia que começou triste pelo velório coletivo em Chapecó (SC), os cantores das bandas também lembraram da tragédia e prestaram condolências.

BILLY PLAY OU ALISSON STYLLO?

festa-tabua-contador
A grande incógnita da noite foi Alisson, ops… Quero dizer, Billy Play.

Confesso que fiquei sem entender qual era a primeira banda da noite, pois nos cartazes estava sendo divulgado Alisson Styllo, mas o intérprete se anunciou como Billy Play o tempo todo. Em resumo, o “pseudoalisson” tocou por mais de duas horas e só deixou o palco às 3h30.

RAMON DAS SELFIES

festa-tabua-contador-2
O sol raiou e Ramon Costa não desanimava.

O cantor Ramon Costa não poupou as selfies durante seu show que começou bem atrasado. Ele ia recolhendo os celulares dos fãs que o assistiam e retirou inúmeros cliques.

Além disso, ele é bastante performático, usou caras, bocas, óculos, botas e canções das bandas ao qual ele já trabalhou como Calcinha Preta e Cavaleiros do Forró. Todo o show foi concluído as 6h30 da manhã.

Veja uma das músicas que ele cantou lá:

A PARTE MAIS CHATA

Alguns caras não estavam muito afim de se divertir e proporcionaram momentos bem chatinhos de interrupção da festa. Não foi nada sério, mas foi um saco.

 A polícia até estava cobrindo a festa, mas com o amanhecer eles foram embora e não acompanharam aquela dispersão final. Ainda bem que ninguém chegou as vias de fato.

Se podemos sintetizar essa festa da Tabua, a melhor palavra com certeza seria perseverança, afinal nem os próprios moradores acreditavam que ela poderia acontecer neste ano que foi cheio de contra tempos por causa das eleições municipais.

Nós continuamos de olho. Até qualquer hora!

Anúncios