#RETRATO01 – A POESIA DOS MORROS DOS MARTINS

Primeiro episódio da série escrita do “Retrato da Comunidade” tem como plano de fundo os Morros dos Martins e seus artistas.

POR AILTON RODRIGUES
MORROS DOS MARTINS, S.M. DO GOSTOSO/RN

ari-retrato-da-comunidade-02
Ariclenes Silva nos Morros dos Martins.

O distrito dos Morros dos Martins está localizado a cerca de 20 quilômetros da sede de São Miguel do Gostoso, um lugar cheio de curvas que se entrelaçam com o Canto da Ilha de Cima I e que está cheio de personagens talentosos.

morrosdosmartins-2
Morros dos Martins (Foto: Ariclenes Silva)

A equipe do Retrato da Comunidade viajou até a comunidade neste sábado (08) e por meio das fotografias de Ariclenes Silva começou a segunda fase do projeto que registra os distritos de São Miguel do Gostoso, desta vez além das fotos o Contador de Causos abraçou a causa e começa a contar as curiosidades e detalhes que observamos, confira:

A JUVENTUDE DA TERCEIRA IDADE

Os Morros dos Martins é composto por praticamente duas ruas que cortam as casas dos seus mais de 400 moradores, politicamente é o segundo maior colégio eleitoral do município, mas um dos pontos que chamou minha atenção foi a jovialidade mostrada por seus moradores mais velhos, principalmente a história de vida desses dois personagens.

De cara conhecemos seu Gonçalo Ferreira, um senhor de 101 anos, ex-pescador e ex-agricultor que de acordo com ele mora com seu filho mais “desastrado”, mas está cercado por quase todos seus outros filhos que moram vizinhos a ele.

morrosdosmartins-3
Seu Gonçalo Ferreira, 101 anos. (Foto: Ariclenes Silva)

Andando mais um pouco chegamos a casa da Dona Maria, hoje com 74 anos, ela  trabalhou como merendeira da escola do distrito por 21 anos, não conseguiu se aposentar pelo tempo de serviço e preferiu aguardar a idade chegar. Era de Ceará-Mirim, mas arrumou um namorado que a fez se mudar para os Morros, ficou viúva bem cedo com 23 anos de idade e sustentou sua família de 7 filhos, que hoje já possuem suas próprias famílias.

morrosdosmartins-4
Dona Maria, 74 anos. (Foto: Ariclenes Silva)

A FORÇA DE VONTADE

fabrica-calcinhas-morros-01
Produção de peças íntimas nos Morros dos Martins

Um projeto criado em 2003 por intermédio do programa “Amigos das Américas” até hoje serve de referência para a população do município. O Veste Gostoso foi idealizado por uma Associação de Mulheres dos Morros e consiste na fabricação de peças intimas que por meio das suas vendas utilizam o arrecadado para subsistência e pequenos reparos na sede da fábrica.

fabrica-calcinhas-morros-02
Também há produção de peças íntimas masculinas nos Morros dos Martins

Atuam com cinco componentes, mas enfrentam problemas para escoar seus produtos por uma série de fatores, como falta de transporte e condições. Hoje trabalham levando seus produtos em grande maioria para Parazinho.

O PRECURSOR

morrosdosmartins-5
Seu Martins “deu o nome” ao distrito (Foto: Ariclenes Silva)

Seu Martins, 82 anos, é considerado o homem que deu nome ao distrito. Ao ser questionado em um cadastro pela prefeitura de Touros sobre o local aonde  ele morava ele respondeu: “Sou dos Morros”. “Morros de quem?”, indagou a funcionária e por não obter resposta, ela acabou perguntando como era o nome daquele senhor, que respondeu “Martins”. Nascia aí o nome dos Morros dos Martins por uma interessante formalidade.

Chegando desde pequeno, a família do Seu Martins dividiu vizinhança com mais 10 casas em uma comunidade de pescadores e agricultores. Ele possui hoje 8 filhos e netos que “perdeu a conta”.

“A lembrança mais forte que tenho era trabalhar na roça com meus pais, com muito esforço estudava de noite e pagava cinco reais ao governo para aprender a escrever meu nome. Era luta aprender naquele tempo, mesmo assim meu pai queria que a gente ficasse no serviço, cuidando dos animais que era um trabalho grande” – declarou Seu Martins.

O TALENTOSO JOSÉ

morrosdosmartins-1
O multi talentoso Seu José, que se produziu para nos receber (Foto: Ariclenes Silva)

O último personagem da nossa viagem pelos Morros dos Martins é o extrovertido Seu José, 84 anos, que por coincidência é irmão do Seu Martins. Deitado na sua rede, ele fez questão de colocar seus óculos, arrumar a camisa e colocar seu chapéu para receber a nossa equipe. Sobre sua família ele disse:

“Eu tive 17 filhos, apenas 7 se criaram e me separei com 30 anos senão teria tido mais uns 20” – disse Seu José.

Mas o talento desse ilustre morador é bem maior, ele é cantor de côco de roda e de improviso ele cantou para nós alguns trechos das suas emboladas, confira:

Ao falar do casamento do Seu José que teve três dias de festa, foi a vez de Dona Luzia, que estava acompanhando a entrevista e resolveu cantar o cordel que embalou o casório, veja:

Nós continuamos acompanhando o Retrato da Comunidade. Até qualquer hora!

Anúncios

Uma opinião sobre “#RETRATO01 – A POESIA DOS MORROS DOS MARTINS”

Os comentários estão desativados.