PORQUE A SEDE FOI TÃO FUNDAMENTAL PARA RENATO DE DOQUINHA? OS NÚMEROS EXPLICAM

O Contador de Causos analisou o número de votos urna a urna e conta como a vantagem na sede foi essencial.

POR AILTON RODRIGUES

eleic3a7c3b5es-2016

As eleições municipais de 2016 provaram o quanto é importante se deter aos detalhes, principalmente quando estamos falando do maior colégio eleitoral do município que é a própria sede, quase 50% dos votos são provenientes de lá.

Renato de Doquinha venceu a corrida eleitoral por uma vantagem de 431 votos construída principalmente na sede do município, só nas 11 urnas que compõem a sede o número foi de 742 votos de vantagem, mas e se não existisse a sede?

Bom, em número de urnas Renato ainda teria vantagem, afinal ele ganhou na maioria das 17 que compõem os distritos, mas em número de votos a vantagem seria de Miguel Teixeira. Vamos entender o porquê:

SEDE x DISTRITOS

A expectativa realmente seria que Renato ganhasse na sede, mas a vantagem tão expressiva foi uma surpresa. Pelas contas estipuladas por nossa equipe uma vantagem de 300 votos seria considerada “normal” para o prefeito eleito, mas como vimos o número foi duas vezes maior. Veja o número dos votos da sede:

slide1
Votos da sede segundo o TSE. (Foto: Reprodução)

Pelo interior a expectativa era de votos mais acirrados e se confirmou. Além disso, era esperada a vantagem para Miguel e se confirmou também. Os percalços para a coligação “A Força do Povo” foi em relação a alguns distritos que historicamente sempre ajudam as chapas compostas pelo ex-prefeito, mas que neste ano mudaram de opinião como, por exemplo, foi o caso do Reduto. Veja o número dos votos dos distritos:

slide2
Votos nos distritos segundo TSE. (Foto: Reprodução)

Em número de urnas Renato levou vantagem por uma, o placar terminou 9 a 8. Porém é interessante destacar que nos maiores colégios eleitorais dos distritos, Renato ganhou em dois, mas com parciais diferentes. No Antônio Conselheiro o prefeito eleito venceu nas duas urnas, nos Morros dos Martins ele só venceu em uma, enquanto na Baixinha dos Franças a vitória foi exclusiva de Miguel.

Confira onde cada candidato venceu:

slide3
Vencedores urna a urna nos distritos segundo TSE. (Foto: Reprodução)

O Contador encerra sua cobertura sobre as eleições 2016. Mas estaremos atentos a qualquer novidade. Até qualquer hora!

Anúncios