POPULAÇÃO PROTESTA CONTRA AUTORITARISMO DE “ESTRANGEIROS” EM GOSTOSO

Manifestação intitulada de “O Povo tem Vez e Voz” ganhou as ruas e atraiu centenas de pessoas contra algumas atitudes que incomodam todos há muitos anos.

POR AILTON RODRIGUES
FOTOS: ARICLENES SILVA
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

manifestaçao
Cera de 500 pessoas foram às ruas neste sábado (16).

Buzinaço, apitaço, gritos, cantos, inúmeras maneiras foram usadas para chamar a atenção da população de São Miguel do Gostoso a vir para as ruas neste último sábado (16) e protestar contra o autoritarismo que alguns pousadeiros tentam impor a nossa população ao longo dos anos.

A manifestação reuniu cerca de 500 pessoas, 25 motos e alguns veículos. Com gritos de guerra como: “O gigante acordou!”, eles foram percorrendo as ruas do município com muita energia e vontade de dar um basta na situação atual. A grande gama de participantes tinha a faixa de 18 a 30 anos, junto com eles estavam alguns grupos como a Marcha das Mulheres.

O estopim para a manifestação se deu desde que o jornalista Emanuel Neri, publicou em seu blog pessoal uma série de matérias que denigrem a realização de eventos como a vaquejada e os arraiás. Com isso o anseio da realização de um movimento foi sendo desenvolvido pelo músico Miller Câmara. Seu vídeo convidando a população para a mobilização ultrapassou as duas mil curtidas.

manifestaçao4
Cantor e produtor Miller Câmara organizou o movimento nas redes sociais.

“Estamos cansados de ser feridos com palavras”, disse Miller em discurso durante movimento.

O único contratempo foi a discussão sobre a rota traçada pela organização que acabou não indo até o Bairro do Maceió, causou um certo desconforto, mas nada que atrapalhasse de forma demasiada o objetivo da causa. A explicação dada, foi que o percurso havia sido estipulado pelos organizadores em conjunto com a polícia e não deveria ser desrespeitado.

De acordo com os organizadores, um segundo momento de mobilização está sendo pensado para ser realizado na Câmara dos Vereadores, pois eles almejam o apoio dos governantes para elaborar alguma lei que atenda outra reivindicação do movimento que é em relação a delimitação dos horários das festas tradicionais do município que tem forte influência de alguns pousadeiros e não apenas da polícia.

manifestaçao3
Chegada dos manifestantes em frente a Câmara de Vereadores foi emblemática.

Apesar de tudo o que já foi mencionado anteriormente, cabe lembrar que este não é um assunto novo, por anos e mais anos os “estrangeiros” vêm querendo impor suas vontades no município e causando várias polêmicas, inclusive debatidas aqui mesmo no Contador, como foram os casos dos ambulantes durante o Fest Bossa & Jazz, da regulamentação do som e do texto feito pelo próprio Emanuel que acusa alguns nativos de xenofobia.

A data escolhida para levar esta reflexão não poderia ter sido melhor, afinal em 16 de julho é comemorada a Emancipação Política de Gostoso que em outras palavras significa independência, vejamos então o desenrolar dos fatos depois desse dia histórico para o município.

O Contador continua de olho neste caso. Até qualquer hora!

Anúncios

Uma opinião sobre “POPULAÇÃO PROTESTA CONTRA AUTORITARISMO DE “ESTRANGEIROS” EM GOSTOSO”

Os comentários estão desativados.