POLÍCIA CESSA TORNEIO DE BEACH SOCCER DO TOURINHO E CAUSA REVOLTA

De acordo com Sargento Leonez falta de documentação foi o motivo para a interrupção do evento, em contra partida, teve vaia e acusação da população por abuso de autoridade.

POR AILTON RODRIGUES
PRAIA DO TOURINHO, S.M. DO GOSTOSO/RN

WP_20160109_001
Torneio de Beach Soccer da Praia do Tourinho reuniu mais de 2000 pessoas.

Ninguém poderia esperar que o tão famoso Torneio de Beach Soccer que acontece à sete anos na Praia do Tourinho fosse ter um desfecho tão polêmico e até inusitado neste último sábado (09), os policiais militares de São Miguel do Gostoso, sob o comando do Sargento Leonez, interromperam o evento alegando falta de documentação.

Foram seis horas de esporte, celebração e muita diversão na sétima edição do evento organizada pelo Tabua Esporte Clube (TEC). Apesar de o clima nublado ter assustado um pouco a comissão, cerca de 2500 pessoas estiveram nas areias da praia e bateram recorde de inscrições desde que este torneio foi criado em 2009, desta vez estavam inscritos 56 clubes de mais de dez localidades entre os municípios de Touros, Gostoso e Pedra Grande.

COMEÇOU CERTINHO

WP_20160109_003
56 clubes começaram a competição.

Tendo início às 11h os 29 clubes que participaram do primeiro sorteio começaram as disputas com certa tranquilidade, no segundo sorteio mais 27 escuderias fecharam a primeira fase que teve nada mais nada menos que 28 partidas. O show que acompanhou os jogadores começou com o cantor Naldinho e seguiu com Luciano e Seus Teclados.

O DESCONFORTO INICIAL

Os policiais já haviam chegado ao Tourinho e dado algumas voltas pelo local do Torneio, nesse meio tempo ainda apreenderam um dos jogadores, Jailson “Feminha” por desacato, – cabe dizer que é um cidadão de respeito sem nenhum histórico de ocorrências – o que causou certo desconforto para quem assistiu a cena.

Cerca de uma hora após a abordagem, a viatura que trazia o Sargento, mais três policiais de São Miguel do Gostoso parou em frente a barraca onde estava acontecendo a locução do evento para um comunicado ao presidente do TEC: tudo teria que ser parado imediatamente, pois não havia sido entregue ofício nem outro documento que permitisse o andar do evento, nem a presença da PM no local.

O presidente do TEC, Ivanildo Lavoisier, disse ao Contador que havia solicitado o policiamento com a prefeitura municipal e que havia sido apalavrado pela Secretária Janielle Linhares que os policiais estariam dando suporte ao evento, mas não de forma integral, mesmo assim ela havia afirmado que o policiamento estava quite.

Ivanildo Lavoisier, presidente do TEC, declarou: “O Sargento chegou dizendo que Fafá [prefeita] mandava na casa dela e Jane [secretária de turismo] no trabalho dela e ele quem mandava no trabalho dele”.

REVOLTA GERAL

WP_20160109_006
Presidentes dos clubes ficaram inconformados com o interrompimento do Torneio.

Os presidentes e representantes dos clubes que ainda estavam na disputa do Torneio foram acionados para que se discutisse um método de não cancelar a competição em andamento que já estava no sexto jogo da segunda fase, mas nada feito para os policiais que foram irredutíveis. Com isso aconteceram vaias da população e atitudes rudes nas abordagens por parte dos policiais.

Um dos atos mais abomináveis foi a tentativa de impedir as gravações e fotos dos que estavam registrando o ato, inclusive do nosso correspondente, Ailton Rodrigues. Outro dos absurdos foi com o cantor Luciano e Seus Teclados que teve um dos cabos do seu instrumento quase arrancado pelo Sargento Leonez.

PAGOU PARA VER

WP_20160109_002
Desconforto por todos que estavam na Praia do Tourinho com abordagem policial.

A diretoria do TEC foi obrigada a devolver a inscrição dos 22 clubes que ainda seguiam na competição, ao todo o jacaré tabuense estima um prejuízo de mais de dois mil reais pelo cancelamento abrupto do Torneio.

Com receio de uma possível revolta generalizada, os policiais pediram reforço e em menos de trinta minutos cerca de quinze policiais e três viaturas já estavam nas areias do Tourinho.

Algumas pessoas presentes repudiaram as atitudes dos policiais pelo caráter grosseiro das intervenções. Na última quarta-feira (06), outro evento, desta vez no distrito do Antônio Conselheiro, foi cancelado pelo fato da dona da propriedade não ter pago uma taxa de 600 reais a PM pela garantia da segurança da festa.

O já tradicional Torneio de Beach Soccer se encaminhava para sua melhor edição. O recorde anterior era de 48 clubes inscritos em 2013.

O Contador segue de olho em tudo que move São Miguel do Gostoso e segue de olho nesse caso. Até qualquer hora!

*segue nos comentários reposta na integra da Secretaria Municipal de Turismo e Comunicação

Anúncios

3 opiniões sobre “POLÍCIA CESSA TORNEIO DE BEACH SOCCER DO TOURINHO E CAUSA REVOLTA”

  1. RESPOSTA DA SECRETÁRIA MUNICIPAL DE TURISMO

    Diz respeito a versão apresentada pelo senhor Ivanildo Lavoiser “O presidente do TEC, Ivanildo Lavoisier, disse ao Contador que havia solicitado o policiamento com a prefeitura municipal e que havia sido apalavrado pela Secretária Janielle Linhares que os policiais estariam dando suporte ao evento, mas não de forma integral, mesmo assim ela havia afirmado que o policiamento estava quite”
    Acontece que na última quinta-feira dia 07 de janeiro e 2015 foi procurada pelo senhor Ivanildo na sede da Prefeitura solicitando apoio para a realização do evento. Após ouvir as suas solicitações que seriam: Banheiros químicos, tendas, carro de som e policiamento, dei os devidos encaminhamentos ligando para a empresa de locação de banheiros que ficou mais uma vez de mandar orçamentos; no tocante ao carro de som tratei diretamente com o locador “Daniel som” conhecido por todos e as tendas com o Beto. Quanto ao policiamento disse QUE NÃO TERÍAMOS COMO ARCAR COM O POLICIAMENTO EXTRA e que nem no Reveillon tivemos como arcar com esta despesa e que teria que “FAÇA O OFÍCIO E ENCAMINHE AO SARGENTO”. Que o policiamento seria o que acontece sempre aos fins de semana, com as rondas na Praia do Tourinho, que já foi uma conquista que conseguimos juntamente com o Conselho de Segurança.
    No dia seguinte sexta-feira as 17:49 recebo ligação do senhor Lavoisier para confirmar os apoios e a primeira informação que repasso mais uma vez foi a de que Infelizmente não teríamos policiamento extra.
    Estou e sempre vou está a disposição para prestar o devido apoio a realização de eventos de caráter esportivo ou festivo, MAS sempre dentro da minhas possibilidades legais.
    Fico grata no atendimento de minha solicitação e estou a disposição para maiores dúvidas ou esclarecimentos.

    Atenciosamente,
    Janielle Linhares da Silva
    Secretária de Turismo e Comunicação

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s