COMO FUGIR DO DESEMPREGO NA CRISE?

desemprego

 

O país está vivendo um momento grave principalmente se tratando da economia.

O comércio se encontra estagnado, a falta de dinheiro está afetando a maioria dos brasileiros e para completar, muitos estãoperdendo o emprego, mesmo sendo funcionários de muitos anos.

Percebendo esse cenário complicado, separamos algumas dicas para ajudar a evitar o desemprego nesse período!

Faça acordos com seu chefe

Se você perceber que diversos funcionários da empresa em que você trabalha estão sendo demitidos e tem receio de que você seja o próximo, procure ter uma conversa franca com seu chefe.

Mostre que está a par do que está acontecendo e diga que fará o possível para trazer os melhores resultados para a empresa mesmo neste momento difícil. O fato de se mostrar prestativo conta muitos pontos e pode fazer com que você escape da folha de demissões.

Busque novos nichos

Se você já foi ou será demitido, procure novos nichos de mercado para trabalhar. Diversos setores se transformaram em tendências e estão conseguindo sobreviver bem à crise.

Esse é o caso de comércios mais acessíveis e dos quais o consumidor faz questão de guardar uma quantia em dinheiro para frequenta-los, como os populares foodtrucks e para as mulheres, as esmalterias.

Se tiver condições de abrir franquias de empresas já consolidadas, é uma aposta interessante, pois o fato de ter um nome conhecido pesa para o público e pode trazer movimento mais rapidamente.

Seguro desemprego

Após 18 meses de trabalho registrado em carteira, todos nós temos direito ao seguro desemprego. Se você trabalhou durante bastante tempo em alguma empresa, com certeza recebeu uma boa rescisão em sua saída.

Que tal aproveitar esse valor para investir em um negócio próprio, por menor que seja? Ele pode trazer uma boa renda com o passar do tempo, da qual você não precisará dividir os lucros com ninguém e de quebra, poderá fazer seus horários.

Caso tenha interesse em abrir seu próprio negócio, mas não que fazer parte do cotidiano do local e deseja voltar para o serviço de empresa, continua sendo uma ótima ideia pois você pode repassa-la a sua esposa e/ou filhos e proporcionar uma boa noção de negócios, responsabilidade, gastos, lucros e etc.

Procure trabalhos paralelos

Muitas vezes não dá para contar apenas com o salário da empresa para pagar as contas. Por isso, é cada vez mais frequente a busca por freelancers, onde a pessoa pode adaptar esse serviço aos horários em que se encontra em casa, realizando o trabalho e garantindo uma grana extra no fim do mês.

Mas, se você não tem uma profissão definida, porém possui um incrível dom na cozinha, por que não vender brigadeiros, trufas e derivados? Sua clientela inclusive pode ser o pessoal da empresa.

Basta caprichar nos doces que o sucesso será garantido. Além disso, você também pode optar por artesanato, pinturas e o que mais você for bom. Afinal, em tempos de crise, vale qualquer coisa para tentar se manter estabelecido!

Fonte: Canal do Ensino

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s