FLUMINENSE E PALMEIRAS ESTÃO NA FINAL DA COPA SANTA FÉ

Com o Fluminense atropelando o Flamengo e o Palmeiras tomando susto, mas virando o jogo contra o Borússia, semifinais da competição mostraram porque eles eram favoritos.

POR AILTON RODRIGUES
SANTA FÉ, S.M. DO GOSTOSO/RN

A Copa Santa Fé está em sua reta final, neste último sábado (07) aconteceram as semifinais que apontaram os finalistas da competição e o resultado foi o que todos imaginavam: Fluminense e Palmeiras farão o embate decisivo no dia 05 de dezembro.

Os jogos que colocaram os dois nesse posto tiveram contextos diferentes, mas um mesmo final: ambos passaram pelos seus adversários facilmente, bastando ter calma e paciência.

ANOTARAM A PLACA?

Divididas não mostraram o quão foi fácil para o Fluminense.
Divididas não mostraram o quão foi fácil para o Fluminense.

O Fluminense não tomou conhecimento do Flamengo e simplesmente o massacrou, foi 5 a 0 e cabia mais. Aproveitando-se que o clube da Arizona entrou desorganizado em campo o FLU fez os dois primeiros gols com falhas grotescas de goleiro e zaga rubro negras.

No primeiro gol, o escanteio cobrado baixo ficou nas mãos do goleiro Cristiano, mas que por alguma razão soltou a bola no pé de Gilberto que tocou na medida para José Eudes abrir o marcador. No segundo, um cruzamento rasteiro que a zaga não acompanhou, a bola acabou sendo amortecida por Gilberto que apenas a escorou para o fundo da rede.

falta para o FLA, mas o marcador já estava 2 a 0 para o FLU.
falta para o FLA, mas o marcador já estava 2 a 0 para o FLU.

O FLA a essa altura perdia boas oportunidades com Maciel e Marcos Vinícius, realmente não era o dia dos rubro negros.

O terceiro gol foi um chute desviado de José Eudes, que logo marcou o terceiro dele com outro chute forte, dessa vez da entrada da área. Para concluir, uma boa troca de passes colocou Mateus na cara do gol e ele não desperdiçou.

  • RESUMO: FLAMENGO 0 x 5 FLUMINENSE (Gols: Gilberto, Mateus, José Eudes (3x)).

APAGÃO DE 15 MINUTOS

Borússia e Palmeiras começou elétrico.
Borússia e Palmeiras começou elétrico.

O Palmeiras entrou em campo como favorito e assim o fez. Apesar do susto de sofrer o primeiro gol, que aliás foi um golaço, onde José Adenis experimentou da intermediária e a bola caprichosamente bateu no travessão e caiu dentro do meta de gol.

O Verdão tabuense logo acordou e foi para cima, dez minutos depois disso, empatou o jogo com Alison batendo na saída do goleiro Mirandir.

No segundo tempo, o Borússia até tentou ir para o ataque, mas em uma cabeçada de Geovane, o Palmeiras acabou virando o jogo e dando um banho de água fria. O terceiro e relaxante gol veio em bate rebate na área que Gilmar aproveitou. 3 a 1.

Palmeiras se tranquilizou e virou o placar.
Palmeiras se tranquilizou e virou o placar.

Ainda houve tempo para um desentendimento entre Júlio Cesar e Geovane, que os fizeram ser expulsos, mas o prejuízo maior foi para Júlio que não joga a decisão por cumprir a automática.

  • RESUMO: PALMEIRAS 3 x 1 BORÚSSIA (Gols: PAL – Alison, Geovane, Gilmar. BOR – José Adenis).

O Contador estará de olho na decisão do dia 05 de dezembro, até qualquer hora!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s