ANP: AUTORIZADO CONCURSO PARA CARGOS DE NÍVEL MÉDIO

Por: Paulo Eduardo

download (10)

Ao todo, o concurso da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) preencherá 34 vagas, para técnicos administrativo e de regulação, com iniciais de até R$ 7.042.

ANP1-60004

O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) autorizou, nesta quarta-feira, dia 24, a realização de novo concurso público para a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Ao todo serão oferecidas 34 vagas, sendo 14 para o cargo de técnico em regulação de petróleo e derivados, álcool combustível e gás natural e 20 para a carreira de técnico administrativo. No caso de técnico administrativo, para concorrer basta possuir ensino médio completo e para técnico em regulação, ensino médio e formação técnica nas respectivas áreas, que ainda serão confirmadas.

De acordo com a autorização do MPOG, a agência tem um prazo de seis meses para publicar o edital de abertura de inscrições, ou seja, até 24 de dezembro.

No caso de técnico administrativo, a remuneração inicial é de R$ 6.062,52 em caso de 80 pontos de gratificação de desempenho de atividade técnico administrativa em regulação (GDATR) e R$ 6.707,52 em caso de 100 pontos.

Para os técnicos em regulação,  R$ 6.330,62 para 80 pontos e R$ 7.042,52 para 100 pontos.

Todos estes valores já consideram o benefício de R$ 373 de auxílio-alimentação.

Atividades

As atribuições do técnico administrativo estão relacionadas a atividades administrativas e logísticas relativas ao exercício das competências constitucionais e legais da ANP. Já aos técnicos em regulação cabe dar suporte e apoio às atividades especializadas de regulação, inspeção, fiscalização e controle da prospecção petrolífera, da exploração, comercialização e uso do petróleo, gás natural e seus derivados, bem como prestar serviços públicos e produção de combustível e gás natural, além de implantar políticas e realização de estudos e pesquisas respectivos a estas atividades.

No último concurso para técnicos, realizado em 2008, na área de regulação as opções foram para as áreas de contabilidade, instrumentação, mecânica, química e geral.

A destinação das vagas ainda será definida, mas a tendência é de que seja semelhante ao último concurso, que contou com oportunidades para os estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia, além do Distrito Federal.

Provas

Na ocasião, a organizadora foi a Cesgranrio e a seleção foi composta de prova objetiva com 70 questões, sendo 15 de língua portuguesa, cinco de língua inglesa, cinco de noções de informática, 15 de conhecimentos gerais e 30 de conhecimentos específicos.

Das 15 de português, cinco valeram um ponto, cinco valeram dois e cinco valeram três. Todas as cinco de língua inglesa e de informática valeram um cada. Em conhecimentos gerais, cinco valeram 0,8, cinco valeram um e cinco valeram 1,2. Já em conhecimentos específicos, dez valeram dois, dez valeram três e dez valeram quatro pontos.

Fonte: http://jcconcursos.uol.com.br/portal/index.html

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s