MORADORES DA UMBURANA FECHAM ESTRADA EM PROTESTO CONTRA POSTURA DOS PARQUES EÓLICOS

Medida teve duração de três dias e só deixou via de acesso para motos. Responsáveis prometeram melhorar os pontos solicitados.

eólica

POR AILTON RODRIGUES

UMBURANA, S.M. DO GOSTOSO.

Os moradores do distrito da Umburana fecharam sua estrada principal, com cerca e pneus, na segunda-feira (15) e a reabriram na tarde desta quarta-feira (17) como sinal de protesto ao que eles consideram como “irregularidades” por parte dos gestores dos parques eólicos.

A medida só foi realizada na segunda-feira porque durante o fim de semana inteiro não houve o aguamento da via o que ocasionou no grande crescimento da poeira nas casas do povoado. Além disso, o tráfego dos veículos de grande porte nas madrugadas está afetando o bem estar dos mais idosos e crianças principalmente.

Porém, não é só a Umburana que vem sofrendo com esses problemas, a Tabua, o Ouro Branco e o Frejó, distritos que fazem parte da faixa onde todo o maquinário está passando, também estão com várias reclamações sobre estes atos desrespeitosos.

“Visivelmente o número de doenças respiratórias cresceu. Sinusite, tosse dentre outros males estão mais frequentes. Isso é inaceitável, eles prometeram no mínimo aguar a estrada para que a poeira baixasse e isso não está acontecendo” – disse Ivanildo Lavoisier, morador da Tabua.

A BioGeo/Voltália que é responsável pela parte de comunicação social dos parques fez um acordo com os moradores da Umburana, prometendo que seria estabelecido um horário para o tráfego das carretas (das seis da manhã às sete da noite), um carro-pipa que ficaria sempre no local para aguar a rodagem, além de diminuir a velocidade dos batedores que andavam matando vários animais de estimação, assim como galinhas.

De acordo com o porta-voz da Umburana, Edson Félix: “Eu já apresentei ofício, convidei os representantes para as reuniões, mas eles não cumpriram o acordo. Se não responderem nossos apelos até o dia 22, fecharemos a via de novo”.

Outro ponto bastante polêmico seria o asfaltamento no interior dos distritos ou a tão esperada pista que ligaria os municípios de Parazinho à São Miguel do Gostoso, porém o DER (Departamento de Estradas e Rodagens) já afirmou que a pista é um projeto do governo federal em conjunto com a prefeitura de Gostoso. Mas ao que sabemos o projeto vem “engatinhando” a anos.

Uma assembleia com representantes dos quatro distritos citados, mais os gestores responsáveis dos parques, foi marcada para a segunda-feira (22) na Tabua às 15 horas.

O Contador de Causos vai ficar de olho e vai contar para você. Até lá!

Anúncios

Uma opinião sobre “MORADORES DA UMBURANA FECHAM ESTRADA EM PROTESTO CONTRA POSTURA DOS PARQUES EÓLICOS”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s