SUCESSO COMPROVADO

Em entrevista coletiva o locutor e um dos idealizadores do programa Tear Cultura, Alessandro Amaral, faz um mapa do aniversário de um ano de sucesso.

Alessandro Amaral na festa de 1 ano do programa Tear Cultura.
Alessandro Amaral na festa de 1 ano do programa Tear Cultura.

Um programa que atraísse principalmente os jovens e levasse os mais variados tipos de cultura a todas as comunidades de São Miguel do Gostoso. Esse era o principal objetivo do programa Tear Cultura.

Se esse objetivo foi alcançado? O resultado foi muito mais que positivo e culminou com o seu aniversário de um ano. O locutor e um dos comandantes, Alessandro Amaral, conhecido também como Alex, cedeu a imprensa uma entrevista coletiva onde fala exatamente da aventura de comandar o programa.

Nascido em 13 de julho de 2013, o programa Tear Cultura finalmente havia saído do papel. Desde a gestão anterior, o projeto vinha guardado até que então a rádio comunitária 87,9 FM foi inaugurada e assim o programa pode também ser lançado.

Alex se propôs a ser locutor em conjunto com Acássio Melo e assim pôde treinar ainda mais essa modalidade de jornalismo, uma vez que já havia trabalhado na FM Tropical nos anos 1998 e 1999 por convite do radialista João Saraiva. Com o tempo Acássio saiu da bancada e Alex partiu no comando solo até hoje.

Vejamos mais alguns pontos desse bate papo.

Contador: Qual o diferencial do Programa Tear Cultura?

Alex: Com certeza é a linguagem jovem e sem falar nas músicas de culturas diferentes. Também conta-se muito a prestação de serviços.

Contador: O que lhe motiva?

Alex: Me motiva contribuir com a comunidade e ver a cultura chegar a mais pessoas.

Contador: Com que ritmo você mais se identifica?

Alex: Eu sou até suspeito para falar porque sou muito influenciado pelos esportes radicais, gosto muito de rock, hip-hop e reggae.

Contador: Há outros tipos de proposta na grade do programa?

Alex: Depois que foi idealizado pelo CDHEC outros propósitos foram justamente o de difundir as ideias da ONG. Assim como promover direitos humanos e cidadania mesclando com o entretenimento.

Contador: Quais os projetos para o futuro?

Alex: Passar o programa para os jovens e formar assim novos radialistas. Ao colocar eles no comando estaremos construindo novos formadores de opinião e isso é bom.

Com toda a repercussão positiva do programa, Alessandro também comanda uma oficina de jornalismo no Espaço Tear. Isso só comprova que pelo visto em tudo que ele se envolve vira sucesso. Parabéns.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s